Atualidade

Caixões Lindner e as mulheres nuas

Caixões Lindner e as mulheres nuas

A Lindner, maior fabricante de caixões da Polônia está a seis anos deixando a igreja ortodoxa e os mais conservadores do país de cabelo em pé com seus calendários promocionais com mulheres nuas junto a caixões que ela fabrica. No Brasil é difícil de se ir a uma borracharia/mecânica e não vermos calendários de mulheres nuas ou semi nuas junto a pneus, baterias ou outro produto pendurados nas paredes, a Lindner captou o mesmo conceito e já faz dos seus calendários uma tradição desde 2010.

A Igreja Católica da Polônia rotulou os calendários como algo impróprio e de mau gosto. O porta-voz da instituição disse que a morte deve ser vista com solenidade e não associada ao sexo. Zbigniew Lindner, proprietário da empresa comentou.”Queremos mostrar a beleza das meninas polonesas e a beleza de nossos caixões, para nós é um produto como outro qualquer.”

2013_11

Contudo, nem sempre elas estiveram nuas. Nas primeiras duas edições (2010 e 2011) as fotos eram apenas sensuais, com as mulheres vestidas, de noiva, cowgirls ou de lingerie. Foi a partir de 2012 que a coisa começou a ficar mais quente. Naquele ano, que homenageou a Eurocopa, as mulheres já se mostraram sem roupa nos calendários. Contudo, elas traziam o corpo pintado com as cores e os traçados de cada país que disputou a competição, o que deu uma disfarçada, mas não evitou que conhecêssemos mais detalhes de suas intimidades.

Já nas edições de 2013 e 2014 tivemos fotos bem mais ousadas. E não apenas quanto ao vestuário das garotas, mas no conceito das fotos. Tem uma delas que mostra uma mulher de corpete vermelho arrancando o coração de um homem debruçado sobre um caixão e em 2015 a empresa inovou mais uma vez, com fotos preto e branco e nenhuma roupa. A empresa tem um site para a venda de seus calendários com um link reproduzindo as repercussões de seus calendários, reproduzindo artigos de sites e revistas.

O responsável pelo marketing da empresa, Bartholomew Lindner disse que a ideia de associar mulheres com caixões em calendários não é novidade, pois uma empresa italiana já havia feito anos atrás, mas a Lindner tornou-os melhores, feitos com mais capricho, com melhores fotografias e foi além dizendo: “Não importa o que dizem sobre você, o importante é que as pessoas se lembrem do teu nome.”

Abaixo, as fotos dos calendários deste que foram lançados:

2015

2014

2013

2012

2011

2010

 

A repercussão dos calendários na Polônia:

Making off dos calendários de 2014:

Fontes 1 2

Postagens pelo mundo:

Visualização: 1629 vezes

Deixe seu comentário! Faça nosso trabalho valer a pena!
Ver Comentários (1)

1 Comentário

  1. Eu

    3 de junho de 2016 às 20:35

    Podem ser polemicas, mas são muito criativas e bonitas, parabéns a produção de arte.

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atualidade

Meu nome é Julio Cesar, e sou de Santa Catarina e idealizador do site Magnus Mundi. O site tem como objetivo informar sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos e também histórias, lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Atualidade

A casa da abóbora de Kenova

Magnus Mundi31 de outubro de 2017

Rios de sangue da Eid al-Adha, em Bangladesh

Magnus Mundi6 de outubro de 2017

Os cemitérios de bicicletas abandonadas da China

Magnus Mundi22 de agosto de 2017

Bételes, os chicletes de Taiwan

Magnus Mundi22 de novembro de 2016

Astolat Dollhouse Castle, a casa de boneca que vale oito milhões de dólares

Magnus Mundi16 de julho de 2016

Na Guatemala, mortos são despejados de suas covas

Magnus Mundi3 de julho de 2016

As sinistras nuvens tsunamis

Magnus Mundi14 de novembro de 2015

Museu da Cidade, um playground numa fábrica abandonada

Magnus Mundi14 de novembro de 2015

Streaking ou Chispada, o ato de correr nu! (NSFW)

Magnus Mundi21 de outubro de 2015