Esculturas

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Uma imensa estátua do general Guan Yu ou Lord Guan, foi inaugurada recentemente na cidade de Jingzhou, província de Hubei na China. A estátua de 58 metros de altura, pesando 1.320 toneladas, fica no centro do parque, Guan Yu Park, e abriga em seu interior, um museu de 8.000 metros quadrados, dedicado a sua história. A estátua foi projetada por Han Meilin, conhecido pelo desenho dos mascotes das olimpíadas de Pequim em 2008.

A pessoa homenageada pela estátua, é mais conhecido como Kwan Kung e foi um dos maiores guerreiros da China Antiga e imortalizado em um dos livros chineses mais famosos e se transformou em um deus, venerado tanto pelo budismo, como pelo taoismo. Guan Yu, era muito temido pelos seus inimigos e foi o inventor de uma das armas mais famosas da arte marcial Kung Fu, o kwan tao (ou guam dao), que pesa 50 quilos e é a arma que ele segura na mão direita, representado na estátua, chamada de “Green Dragon Crescent Blade” e pesa 136 toneladas. A estátua fica sobre um pedestal de 10 metros de altura, que representa um navio de guerra. A estátua foi recoberta com mais de 4.000 tiras de bronze.

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Diz a história chinesa, que Guan Yu foi um dos “três irmãos do pomar de pêssego“. Ele fez amizade com Liu Bei, um fabricante de sandálias de palha, e Zhang Fei, um açougueiro rico; e juraram serem irmãos fiéis até a morte. Posteriormente, Liu Bei se tornou o primeiro Rei de Shu-Han, no período Três Reinos, quando Guan Yu ficou conhecido por suas extraordinárias habilidades marciais e estratégicas militares, mas principalmente por sua lealdade a Liu Bei, e continuou lutando até ser derrotado e executado em 219 d.C.

Em toda sua vida, Guan Yu observou fielmente o juramento que fez a Liu Bei e Zhang Fei, sua retidão ganhou grande respeito pelos três reinos. No século 16, ele foi canonizado como o Guerreiro Sagrado da China, um protetor de todo o mal, e foi adorado por séculos em muitas religiões da Ásia. Respeitado por sua lealdade e justiça, Guan Yu tem outra estátua em sua cidade natal de Guan, na provínncia de Shanxi, que mede 61 metros de altura.

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Detalhes da construção da estátua de Guan Yu

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Guan Yu, a estátua do guerreiro sagrado da China

Fontes: 1 2 3

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 428 vezes

Deixe seu comentário! Faça nosso trabalho valer a pena!
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esculturas

Me chamo Julio Cesar, sou de Santa Catarina e idealizador do site Magnus Mundi. Um espaço para quem deseja saber mais sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos e também histórias, lendas, eventos inusitados pelo mundo afora. Tem uma boa história soube de algo de sua cidade, lugar e que ver aqui, entre em contato pelo formulário.

Veja mais em Esculturas

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Agulhas de Cleópatra, os obeliscos do Egito Antigo

Magnus Mundi20 de agosto de 2017

O busto indestrutível de Pablo Iglesias

Magnus Mundi30 de julho de 2017

Os gigantes esquecidos de Thomas Dambo

Magnus Mundi7 de maio de 2017

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Magnus Mundi30 de abril de 2017

Castanha de oração, um raro objeto de fé

Magnus Mundi16 de fevereiro de 2017

Os incríveis insetos de Alfred Keller

Magnus Mundi12 de fevereiro de 2017

Gigante de Cardiff, a farsa bíblica

Magnus Mundi29 de janeiro de 2017

Os menores monumentos do mundo

Magnus Mundi25 de janeiro de 2017