Engenharia

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora foi um resort planejado pelo Partido Nazista na ilha Rügen, a maior ilha da Alemanha. O complexo serviria como colônia de férias sob a organização da Kraft durch Freude (algo como “Força através da Alegria”). A praia situa-se na baía entre as regiões Sassnitz e Binz, que é conhecido como Prorer Wiek. A intenção era a de espalhar propaganda nazista e proporcionar atividades de lazer para os trabalhadores alemães. O complexo tem 10.000 quartos de frente para a praia, que fica a 150 metros e se estende por 5 quilômetros e oficialmente, ninguém se hospedou no lugar, apesar de o mesmo já ter sido construído há mais de 80 anos atrás.

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Com o início da Segunda Guerra Mundial a construção do resort foi interrompido e grande parte de seus complexos de entretenimento remanesceram inacabados ou nem saíram do papel. Desenhado pelo arquiteto Clemens Klotz, sendo concebido como um resort com acomodações para vinte mil pessoas. Cada quarto tem 2.5 por 5 metros com vista para o mar e contaria com duas camas, um armário e uma pia. Os sanitários e chuveiros seriam de uso coletivo. Cerca de nove mil trabalhadores de todas as grandes construtoras do Reich estiveram envolvidos no projeto entre os anos de 1936 e 1939.

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Durante os bombardeios sobre Hamburgo, muitas pessoas se refugiaram nos edifícios da estância nazista. Já em 1945 o Exército Soviético passou a controlar a região e utilizá-la para fins militares. O lugar inteiro é quase deserto, hoje, exceto por uma pequena discoteca e museu, devido ao tamanho, é conhecido como “Colosso de Prora” Há planos para transformar Prora em um moderno resort de férias. Além disso, quatro dos cinco blocos foram vendidos para investidores privados que estão reformando e as unidades serão vendidos como casas populares.

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Prora, resort nazista que nunca teve um hóspede

Fonte: 1

Faça nosso trabalho valer a pena! O seu comentário é o que nos move.

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 654 vezes

Deixe seu comentário! Faça nosso trabalho valer a pena!
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Engenharia

Me chamo Julio Cesar, sou de Santa Catarina e idealizador do site Magnus Mundi. Um espaço para quem deseja saber mais sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos e também histórias, lendas, eventos inusitados pelo mundo afora. Tem uma boa história soube de algo de sua cidade, lugar e que ver aqui, entre em contato pelo formulário.

Veja mais em Engenharia

As barragens de kauri da Nova Zelândia

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Mail Rail, o correio subterrâneo de Londres

Magnus Mundi11 de agosto de 2017

Xian Ming Wall, às muralhas de Xian

Magnus Mundi8 de abril de 2017

Pozzo di San Patrizio na Itália

Magnus Mundi11 de dezembro de 2016

Os elevadores inclinados de barcos da Polônia

Magnus Mundi30 de setembro de 2016

Bierpinsel, o prédio bizarro de Berlim

Magnus Mundi20 de julho de 2016

Gate Tower Building, o edifício atravessado por uma rodovia

Magnus Mundi16 de julho de 2016

O deslizamento que tremeu a Terra em Utah

Magnus Mundi15 de julho de 2016

Uma ferrovia no Nariz do Diabo

Magnus Mundi4 de junho de 2016