Acidentes

A história da casa do penhasco

A história da casa do penhasco

Atualmente a casa do penhasco conhecida como Cliff House, faz parte da área “Golden Gate National Recreation Area” é uma edificação com dois restaurante e loja de presentes em cima dos penhascos de Seal Rocks, em Ocean Beach, no lado leste de São Francisco, Califórnia, nos Estados Unidos. Com vista panorâmica do Oceano Pacífico, do Monte Tamalpais e da ponte Golden Gate, esta edificação nos anos anteriores passou por maus bocados.

Teve início em 1858, quando Samuel Brannan, um próspero empresário comprou a carga de madeira recuperada de um navio que havia naufragado na região e com ela construiu a primeira Cliff House. Não se sabe ao certo o que houve com essa primeira edificação, mas uma segunda Cliff House foi construída em 1863 pelo senador John Buckley e CC Butler e alugada para o Capitão Junius G. Foster e virou uma hospedaria, restaurante e estábulo para os ricos e proeminentes famílias de São Francisco. Com a abertura da estrada em frente a casa um ano depois, o lugar se tornou bem sucedido, sendo um ótimo ponto para se observar os leões marinhos tomando sol nas rochas abaixo.

Em 1890

Em 1890

Em 1883, depois de alguns anos de recessão, foi comprada pelo multimilionário e mais tarde prefeito da cidade, Adolph Heinrich Joseph Sutro. Quatro anos se passaram e a casa foi seriamente danificada, com a explosão da escuna “Parallel” que estava abandonada e carregada de dinamites e que encalhou em 16 de janeiro de 1887 nas rochas próximo a Cliff House, e com a explosão toda a ala norte da hospedaria virou ruínas. O edifício foi reparado, mas depois foi completamente destruída por um incêndio na noite de natal de 1894, devido a explosão de uma caldeira com defeito. O gerente do lugar JM Wilkens não conseguiu salvar o livro de registro de hóspedes, que incluía as assinaturas de três presidentes e dezenas de visitantes mundialmente famosos, que já haviam passado nos 31 anos de funcionamento da casa.

Em 1896, Adolph Sutro construiu uma nova edificação de madeira, em estilo chateau francês com oito andares, quatro torres e uma torre de observação com 61 metros acima do nível do mar, chamado por alguns de “Palácio de Gingerbread” e decorou com peças de artes, animais empalhados e peças histórica compradas de um extinto parque de diversões chamado “Woodward’s Gardens“, e o lugar virou um elegante local para jantar, dançar e se divertir. Sutro construiu também na área uma casa de banho, seis piscinas cobertas, museu e um rinque de patinação trazendo milhares de visitantes para o lugar.

Adolph Sutro morreu em 1898 e o lugar ficou fechado até junho de 1907, quando Cliff House foi alugada por John Tait e seus sócios. Na noite de 7 de setembro de 1907, após uma extensa remodelação e antes mesmo de sua reabertura, a mais esplêndida de todas as “casas do penhasco” foi destruída completamente por um incêndio. Este edifício requintado tinha sobrevivido ao terremoto de 1906, para sucumbir ao incêndio que a destruiu em menos de duas horas, onze anos após a sua construção.

Cliff-house_casa-do-penhasco-13

Em 1909, Emma Merritt, filha de Adoph Sutro juntamente com John Tait e seu grupo de investidores construíram no lugar um restaurante estilo neo-clássico, em aço e concreto agora para durar 100 anos e que é base estrutural vista até hoje.  Por ordem militar que proibia a venda de bebidas alcoólicas perto de instalações militares, o Cliff House fechou as portas em 1918 reabrindo em 1920 e fechando novamente cinco anos depois. Em 1937 foi comprada pelos irmãos George e Leo Whitney e virou um restaurante de beira de estrada para complementar seu outro empreendimento “Playland-a-beach“, um parque de diversão a beira da praia.

Em 1960, após o fechamento do parque, virou um museu e casa de jogos mecânicos, tendo a maior coleção de máquinas de jogos mecânicos do mundo e finalmente em 1977 o lugar se tornou parte de “Golden Gate National Recreation Area” Em 2003, como parte de uma extensa renovação,  muitos itens incluídos no lugar pelos irmãos Whitney, como uma cachoeira artificial foram removidos e sua aparência remodelada as mesmas de 1909. Uma nova ala de dois andares foi construído de frente para o que era as ruínas das casas de banhos, que foram destruídas por um incêndio em junho de 1966. Mais de 30 navios naufragaram nas rochas do penhasco onde se situa a Cliff House e a área da casa inspirou o escritor Jack London em seu romance “A Peste Escarlate” de 1912.

1902

1902

1902

1902

1900

1900

Vista da Cliff House tirada no terraço de Propriedade de Adoph Sutro

Vista da Cliff House tirada no terraço de Propriedade de Adoph Sutro

01 de setembro de 1907

01 de setembro de 1907

Agosto de 1956

Agosto de 1956

1995

1995

Fontes: 1 2 3

Faça nosso trabalho valer a pena! O seu comentário é o que nos move.

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 860 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidentes

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Acidentes

Centralia, a cidade do fogo eterno

Magnus Mundi14 de setembro de 2017

O deslizamento que tremeu a Terra em Utah

Magnus Mundi15 de julho de 2016

Ford Rotunda, da glória a tragédia

Magnus Mundi20 de junho de 2016

Grande dilúvio de melaço

Magnus Mundi9 de fevereiro de 2016

A barragem que veio abaixo

Magnus Mundi13 de janeiro de 2016

O curioso desastre do Granville

Magnus Mundi18 de novembro de 2015

Tacoma Narrows, a ponte que desabou

Magnus Mundi24 de setembro de 2015