Abandonados

A igreja que teimosamente, ressurgiu da água

A igreja que teimosamente, ressurgiu da água

Entre 1985 e 2008, as pessoas que estivessem de barco ao longo do lago formado pela Reservatório Uribante, no estado de Táchira, na Venezuela veriam uma incomum cruz solitária acima da água, no meio do lago. Nada de sobrenatural, a cruz era apenas o topo da torre de uma igreja submersa há duas décadas atrás, quando todo aquele lugar era uma cidade. Mas em 2008, no entanto, a cruz começou a aparecer cada vez mais para fora da água, revelando a estrutura abaixo. A água do reservatório foi diminuindo gradativamente e em 2010, já tinha recuado quase totalmente, revelando uma grande extensão de terra plana, e a igreja gótica apareceu por completo.

A igreja pertencia à cidade de Potosi, que em 1985 foi propositadamente inundada pelo represamento de um rio próximo para criar uma represa hidrelétrica. Na época a cidade tinha cerca de 1.200 habitantes e todos eles tiveram de ser realocados, e a cidade abandonada, e por 20 anos tudo o que restava era a cruz no topo do campanário da igreja que tinha 26 metros de altura, no meio de um imenso lago, como uma lembrança da vida naquele lugar.

Não é nenhuma novidade, cidades serem inundadas para construção de represas. A igreja de St. Thomas, em Nevada, Estados unidos agora repousa no fundo do lago Mead, perto de Las Vegas. O mesmo aconteceu com a Vilarinho das Furnas , uma cidade de 2.000 anos de idade, em Portugal. Outras vezes, é um desastre natural em que as barragens se rompem inesperadamente e inundam lugares, como fez com a cidade agora fantasma Thistle em Utah ou então, o oceano aumenta e nunca mais recua, afundando cidade, como aconteceu com Port Royal, na Jamaica.

Menos comum é a torre de uma única igreja, mantendo-se acima da superfície da água por décadas, como se fosse por teimosia, em não desabar de vez e abandonar o lugar e por isso, ela tem sido um símbolo poderoso para alguns moradores locais, um símbolo de perseverança e de lembrança, marcando o local da antiga cidade. No entanto, secas severas castigaram a região, resultando no esvaziamento gradual do reservatório, revelando de pouco em pouca a igreja. Danos causados ​​pela água corroeram praticamente todo o edifício, ficando apenas a estrutura e o campanário.

cidade-de-Potosi01a

cidade-de-Potosi001

Foto tirada no começo de 2008

cidade-de-Potosi02

cidade-de-Potosi02b

cidade-de-Potosi02c

Imagem tirada em julho de 2009

cidade-de-Potosi02d

cidade-de-Potosi03a

Foto tirada em janeiro de 2010

Foto tirada em janeiro de 2010

cidade-de-Potosi14

cidade-de-Potosi13

Reservatório Uribante ates das secas em 2008

Reservatório Uribante ates das secas em 2008

Imagem da cidade de Potosi antes de ser inundada pela água do reservatório Uribante

Imagem da cidade de Potosi antes de ser inundada pela água do reservatório Uribante

Fontes: 1 2

Postagens pelo mundo:

Visualização: 470 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abandonados

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Abandonados

Castaway Depots, os depósitos de sobrevivência da Nova Zelândia

Magnus Mundi11 de outubro de 2018

A floresta fantasma de Neskowin

Magnus Mundi10 de outubro de 2018

Salton Sea, o lago criado acidentalmente

Magnus Mundi21 de setembro de 2018

Kola Superdeep, um dos buracos mais profundo do mundo

Magnus Mundi19 de setembro de 2018

Hallsands, a vila que desapareceu no mar

Magnus Mundi9 de julho de 2018

Fortaleza de Mimoyecques, a base secreta dos nazistas para destruir Londres

Magnus Mundi24 de junho de 2018

A incrível história de Burro Schmidt e seu túnel

Magnus Mundi18 de junho de 2018

Ämari Air Force Cemetery, o cemitério de pilotos da Estônia

Magnus Mundi9 de junho de 2018

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes

Magnus Mundi31 de março de 2018
Scroll Up