Ilhas

Baljenac, a ilha que se parece com uma imensa impressão digital

Baljenac, a ilha que se parece com uma imensa impressão digital

Baljenac, uma pequena ilha do Mar Adriático, ao largo costa da Croácia tem tido muita atenção nos últimos tempos. Localizada no arquipélago de Sibenik com cerca de 78 ilhas, na costa de Dalmácia, está pequena ilha de 0,14 quilômetros quadrados está completamente tomada por muros de pedra, conhecidos como dry stone ou drystack, que nada mais é um método de construção a partir de pedras em argamassa para uni-las, sendo empilhadas e ajustadas umas as outras. A ilha quando vista de cima, parece uma imensa impressão digital, com longas linhas de muros baixos, que se assemelham a sulcos da pele que formam a digital em nossos dedos.

Como muitos países da Europa Ocidental, como a Irlanda, Inglaterra e Escócia, grande parte dos campos e da costa da Croácia, se pode observar esses muros de pedras. Essas construções remontam a séculos e foram usadas historicamente para marcar fronteiras entre terras agrícolas adjacentes. Os muros são construídos sem argamassa para manter as pedras juntas. Os construtores selecionam cuidadosamente as pedras e as empilham juntas como peças de um quebra cabeças.

Os litorais da Croácia são caracterizados pela topografia carstica (karst), um tipo de relevo geológico formado pela corrosão das rochas. Para cultivar ou criar pastagens nesse terreno rochoso, os fazendeiros recolhem as rochas espalhadas pelo solo e em seguida, as utilizam para construir em torno de suas propriedades, que em alguns casos pode-se estender por quilômetros.

Em Baljenac, um ilha de apenas meio quilômetro, os muros se estendem por 23 quilômetros, se forem colocados um ao lado do outro. A maioria dos agricultores da ilha de Baljenac tem residência na ilha vizinha de Kaprije, e foram muito ativos como agricultores em suas plantações em Baljenac até um século atrás.

Os homens costumavam trazer as mulheres em barcos a remo para trabalharem nas plantações e depois iam pescar e a noitinha, buscavam suas mulheres e iam para a ilha de Kaprije. Agora os tempos são outros, e a nova geração não demonstram nenhum interesse em trabalhar em Baljenac, onde a área está sendo tomada lentamente por mato e pinheiros. O governo croata tem feito pressão a UNESCO para incluir a ilha e seus muros de pedras na lista de Patrimônios da Humanidade.

Além de definir fronteiras agrícolas, os muros também servem para proteger os cultivos dos fortes ventos frios conhecidos como “bura”, nas áreas ao longo da costa.  Em Pag, uma ilha com o maior litoral do Mar Adriático, os fazendeiros construíram longas muradas separando as pastagens, cujo comprimento se for colocado um ao lado do outro, dá mais de mil quilômetros.

Baljenac, a ilha que se parece com uma imensa impressão digital

Crédito da foto: desconhecido

Fontes: 1 2 3

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 831 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ilhas

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo/SC. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, um site sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como histórias inusitadas de pessoas, lendas, eventos e outros assuntos interessantes.

Veja mais em Ilhas

Fadiouth, a ilha feita de conchas

Magnus Mundi21 de fevereiro de 2019

Houtouwan, a vila de pescadores abandonada na China

Magnus Mundi24 de janeiro de 2019

Sunken Cemetery, na ilha de fogo

Magnus Mundi2 de janeiro de 2019

Taylor Camp, o paraíso perdido hippie do Havaí (NSFW)

Magnus Mundi31 de dezembro de 2018

Ilha de Luzon e o lago em uma ilha dentro de um lago em uma ilha

Magnus Mundi27 de dezembro de 2018

Fuerteventura e a praia da pipoca das Ilhas Canárias

Magnus Mundi6 de dezembro de 2018

Ilha Hashima, a ilha fantasma do Japão

Magnus Mundi28 de novembro de 2018

Pirâmide de Ball, a maior ilha vulcânica do mundo

Magnus Mundi24 de novembro de 2018

Ilha Sentinela e a tribo mais isolada do mundo

Magnus Mundi23 de novembro de 2018

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up