Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Postado por

O coco-do-mar, que durante muitos anos os navegadores pensavam que crescia no fundo do mar, uma vez que só os encontravam flutuando, é a maior semente do mundo e tem a forma de coxas humanas, com o respectivo púbis numa das faces. É produzida por uma palmeira, a Lodoicea maldivica, endêmica das ilha de Praslin e Curieuse, nas ilhas Seicheles (Seychelles), embora haja alguns exemplares introduzidos noutras ilhas do arquipélago.

O arquipélago de Seicheles abrande 115 ilhas no Oceano Índico, ao norte de Madagáscar e foi descoberto pelo português Vasco da Gama por volta de 1502, que a batizou de Ilha do Almirante, em homenagem a si mesmo. Por mais de dois séculos as ilhas não pertenceram a ninguém, servindo apenas de esconderijo de piratas. Em 1742 os franceses tomaram posse da ilha e a nomearam de La-Bourdon, mas somente em 1756, que fincaram no lugar a Pedra de Possessão, colocada pelo Capitão Nicholas Morphey e nomearam o arquipélago em homenagem a Jean Moreau de Séchelles, Ministro das Finanças de Luís XV, a pessoa que enviou a expedição ao lugar. Entre 1794 e 1812, os britânicos disputaram o controle das ilhas com os franceses, e assumindo o controle total em 1814 no Tratado de Paris. Em 1976, Seicheles conquistou sua independência.

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

O nome da espécie: maldivica é um equívoco, pois sugere que o coco-do-mar teria existido nas ilhas Maldivas, distante a mais de dois mil quilômetros de Seicheles, devido a ter sido encontradas no mar perto das Maldivas, mas a árvore nunca vingou por lá. Outro mito descartado em 1768 pelo explorador francês Marc-Joseph du Fresne é que as sementes viriam de uma árvore mítica que nascia no fundo do mar. Por isso, seu nome popular, coco-do-mar.

Outro mito era que eles seriam os frutos da “Árvore do Conhecimento”, do Jardim do Éden, e a razão para isso era sua semelhança com as nádegas humanas e por isso eram considerados afrodisíacos e as mulheres ingeriam o fruto na esperança de se tornarem “irresistíveis”.

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

A planta desenvolve-se em zonas com solo bem drenado, em encostas expostas, embora o seu crescimento seja reduzido com a erosão. Na ilha de Praslin, existe uma floresta natural de coco-do-mar na Reserva da Natureza do Vallée de Mai, que foi inscrito pela UNESCO em 1984 na lista dos lugares que constituem Patrimônio Mundial.

É uma árvore dióica (em que os sexos se encontram separados em indivíduos diferentes), com um tronco fino para o seu tamanho: uma árvore macho atinge 30 metros de altura, enquanto que se encontram fêmeas com 24 metros. As folhas também são enormes, podem atingir 10 metros de comprimento por 3,5 a 4 metros de largura e conservam-se presas ao tronco depois de secas. A inflorescência masculina pode atingir um metro de comprimento.

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

A árvore fêmea pode produzir uma grande quantidade de frutos, que exteriormente não são muito diferentes de um coco, com um epicarpo fibroso; a semente, o coco-do-mar, tem dois lobos e pode atingir 30 kg de peso, o recorde tendo sido de 42 quilos.

Seu ciclo de vida é muito lento: a palmeira leva 25 anos para atingir a maturidade e render frutos. Estes só estarão prontos para reproduzir novas mudas sete anos mais tarde. E a semente no chão só germinará depois de dois ou três anos. O tronco não se consegue ver até a planta ter já 15 anos e atinge a maturidade com 20 a 40 anos. Por estas razões, pensa-se que uma planta saudável possa atingir uma idade de 200 a 400 anos.

Devido ao seu tamanho e forma exuberante, a semente sempre foi muito valorizada e procurada por colecionadores durante os últimos séculos. Qualquer semente caída naturalmente no chão da floresta era imediatamente recolhida para ser vendida, e pode chegar a 1.500 dólares cada.

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Coco-do-mar, a maior semente do mundo

Fontes: 1 2 3

“Aprenda com o ontem, viva para o hoje, acredite no amanhã. O importante é não parar de questionar!”. – Albert Einstein

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 2349 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up ©2020 OceanSite - Desenvolvimento de sites e aplicativos