Erguendo-se das areias do grande deserto do Sahara, Ennedi Plateau é de uma beleza de tirar o fôlego. É descrito por muitos como o Jardim Secreto do Sahara, e está situado no nordeste do Chade, perto da fronteira com a Líbia e Sudão, sendo rodeado de areia por todos os lados. Este lugar extraordinário tem um cenário de outro mundo, com impressionantes formações rochosas de arenito, que paira sobre o deserto como esculturas gigantes, após serem submetidas por milhões de anos a uma erosão draconiana.

Ennedi Plateau ou Ennedi Massif é uma das regiões mais inacessível da Terra. Houve um tempo que apenas as caravanas nômades conseguia atravessar o deserto, e atualmente, apesar de não existir estradas regulares, é acessível por veículos 4×4. Mas continua sendo uma viagem difícil e perigosa devido a extrema pobreza do país, a falta de infraestrutura turística, agitação política e aos bandidos que costumam atacar os turistas.

Ennedi Plateau, o jardim secreto do Sahara

Arco Aloba, com 77 metros de extensão e 120 metros de altura

A região está repleta de incríveis arcos, torres, pontes e pilares de arenito, incluindo o grande arco Aloba, que tem uma extensão de 77 metros e 120 metros de altura e é um dos arcos naturais mais espetaculares do mundo. Além das atrações geológicas, exemplos de petroglifos ou pinturas rupestres são abundantes na área. Muito da arte rupestre pintadas nas rochas e paredes de cavernas, representam os animais que os primeiros habitantes da região caçavam.

Na região ao sul de Ennedi pode se encontrar oásis, conhecidos como “gueltas”, típicos de regiões desérticas formadas por águas subterrâneas que afloram em depressões nas planícies criando essas lagoas permanentes, sendo o último refúgio de fauna e flora no Deserto do Sahara. Guelta d’Archei, a sudeste da cidade de Fada, a cerca de quatro dias de viagens a partir de N’Djamena, capital de Chade é um dos mais conhecidos, sendo uma das mais importantes fontes de água do deserto, frequentemente visitado por caravanas e animais.

A água do Guelta d’Archei é negra, decorrente dos excrementos dos camelos ao longo dos anos e é o lar da espécie endêmica do crocodilo do deserto (Crocodylus suchus), remanescentes dos crocodilos do Nilo, quando essa espécie prosperava na maior parte do deserto do Sahara, o segundo maior deserto do mundo e o mais quente do planeta perdendo apenas em tamanho para a Antártica. Durante a última glaciação, o deserto do Saara foi mais úmido (como o Leste africano) do que é agora, e já possuiu densas florestas tropicais. Seu clima era tão diferente que recentes estudos revelaram que o Rio Nilo corria antigamente para o Oceano Atlântico em vez de desaguar no mar Mediterrâneo.

Ennedi Plateau, o jardim secreto do Sahara

Em 2010, uma equipe de alpinistas liderada pelo veterano Mark Synnott e alpinistas jovens Alex Honnold, James Pearson, Tim Kepler, e Renan Ozturk, se tornaram os primeiros alpinistas a escalar os maiores arcos de Ennedi.

Fontes: 1 2 3

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização desde 2014: 364 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Faça um comentário

Seu email não será publicado