Meio Ambiente

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Quando a temperatura do ar de uma região cai abaixo do ponto de congelamento da água (0° C), pode ocorrer uma geada. Ela ocorre, pois o vapor de água existente no ar, ao cair da noite, se transforma em cristais de gelo. Estes cristais de gelo costumam cobrir a vegetação, originando ao amanhecer uma linda paisagem. Porém, a geada dificulta o desenvolvimento das plantas. Isto ocorre, pois a seiva das plantas pode congelar, impossibilitando o perfeito funcionamento das células vegetais. Os frutos também são prejudicados, uma vez que a baixa temperatura dos cristais de água pode queimá-los, principalmente, quando estão no começo do desenvolvimento. Para que ocorra uma geada é necessário que o céu esteja limpo, sem a presença de neblina. Não pode haver vento (o que favorece a formação de geada branca) e a temperatura de relva (medida a mais ou menos 1,5 metro do chão) não pode ser maior que 4ºC.

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Por definição se diz que há dois tipos de geada, a branca e a negra: A geada branca, é quando a geada de radiação ocorre e no ar a concentração de vapor é suficiente para que haja a condensação do vapor d água nas superfícies e posteriormente o seu congelamento. Este depósito de gelo tem uma aparência muito bonita que forma desenhos em forma de escamas, agulhas, leques, penas, bolinhas. A geada branca é menos severa, ocorre em noites muito frias numa temperatura de relva inferior a 0°C e temperatura do ar inferior a 5°C. O céu, normalmente, está límpido e a umidade relativa do ar bem elevada. Já a geada negra é mais intensa que a branca porque congela a planta internamente, ou seja, a sua seiva, e não apenas a sua superfície. A planta fica escura, queima e morre. O ar é extremamente frio, seco e vento mais forte.

As geadas acabam fazendo um fenômeno natural de rara beleza, que é a frost flower, ou flor de geada, castelos de geada, flores de gelo e cientificamente por crystallofolia, criada quando o gelo, em camadas extremamente finas, é empurrado para fora do caule das plantas ou, ocasionalmente, da madeira. Esta extrusão cria padrões maravilhosos que enrola e dobra em camadas ou pequenos caules congelados. As condições climáticas para as flores de geada se formarem acontecem no início do inverno.

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Quando a temperatura chega a zero ou um pouco abaixo, a seiva no caule das plantas se expande, isto quer dizer que a camada exterior da haste fica sob uma pressão crescente e fissuras microscopicamente finas, conhecidas como fissuras lineares, começam a formar-se. Estas irão finalmente ceder sob a pressão da seiva e se abrirem em formação de fissuras para a água sair e, em seguida, congelar.

A água vai elaborando o caule da planta, enquanto o solo continua a ser descongelado. Ela viaja até as plantas, para eixo estrutural externo (tronco) e atinge a divisão ou, então, racha. Então escorre lentamente para fora e congela. E mais água vem em seguida que atinge as fissuras e também congela empurrando o deslizar anterior de gelo para longe da haste. E, desta maneira, são formadas as “pétalas”.

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Como elas são feitas de folhas finas de gelo, vão derreter com o sol e subir para o alto do céu… e no dia seguinte podem-se criar mais flores de geada. A mãe natureza inova sempre em sua arte criativa.  São flores extremamente delicadas e não podem ser tocadas, pois se quebram…. Este efeito também pode se dar na madeira, mesmo num muro ou portão. Neste caso a extrusão acontece através dos poros da madeira em lugar das fendas.

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Flores de geada, um fenômeno natural de rara beleza

Fontes: 1 2 3

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 348 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Ambiente

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Meio Ambiente

A floresta fantasma de Neskowin

Magnus Mundi10 de outubro de 2018

Os moradores das copas das árvores da floresta de Hambach

Magnus Mundi3 de outubro de 2018

Monte Kali, a montanha branca de sal

Magnus Mundi27 de setembro de 2018

Salton Sea, o lago criado acidentalmente

Magnus Mundi21 de setembro de 2018

O valioso sangue azul do caranguejo-ferradura

Magnus Mundi11 de junho de 2018

Yanweizhou, o parque ecológico da China

Magnus Mundi24 de novembro de 2017

Dust Bowl, as tempestades negras de poeira

Magnus Mundi27 de setembro de 2017

As barragens de kauri da Nova Zelândia

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Os cemitérios de bicicletas abandonadas da China

Magnus Mundi22 de agosto de 2017
Scroll Up