Abandonados

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes

Acidentes de aviões geralmente acabam em tragédias, onde centenas de pessoas perdem a vida e são poucas as quedas, onde alguém sobreviveu para contar a história. O fotógrafo alemão Dietmar Eckell em seu projeto “Happy End”, pretendem descrever e fotografar os raros milagres da aviação, onde na queda da aeronave, todos sobreviveram.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Cessna 310, Austrália, com quatro sobreviventes em 1993

Por quase três anos, Dietmar, com sede em Dusseldorf, Alemanha, viajou para locais extremamente isolados em todo o mundo – nove países em quatro continentes – da Austrália à Islândia a procura de restos abandonados de destroços de aviões. Estes aviões permaneceram abandonados entre 10 a 70 anos e tornaram-se parte da paisagem. Nas florestas, as árvores crescem através das janelas quebradas. No deserto, dunas de areias começam a engolir a fuselagem. Nas montanhas, as entranhas de metal começam a se assemelhar às rochas circundantes. De acordo com Dietmar, dos 15 aviões fotografados até o momento, todos envolvem histórias de sobrevivência e pura sorte.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Quatro sobreviventes em pouso forçado em 2004, com o avião Grumman Hu-16 Albatross, México

Dietmar se interessou em documentar acidentes com finais felizes, onde todos sobreviveram depois dele ter sobrevivido também de um acidente aéreo quando pilotava um parapente com motor sobre o deserto de Mojave na Califórnia, quando estava tirando fotografias e o parapente entrou em parafuso, mas ele conseguiu controlar a aeronave e pousa-la, saindo do acidente com apenas um tornozelo quebrado. Enquanto ele se recuperava de uma cirurgia, teve tempo para fazer pesquisas e encontrar outros acidentes aéreos onde pessoas saíram vivas.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Bristol Type 170 Freighter, Territórios do Noroeste, Canadá, com três sobreviventes em 1956

Para achar os destroços, Dietmar vasculhou fóruns na internet e pesquisou o Google Earth. Uma vez que encontrava alguma evidência, começou a pesquisar por pilotos locais para conseguir com eles, detalhes da queda do avião, o que acabou sendo uma viagem pela história. Em Papua Nova Guiné, ele teve que atravessar comunidades que ainda se agarram a tradições seculares, sem eletricidade e água corrente. Noutra ocasião, no norte da África, teve que negociar com um grupo rebelde local, para que fosse guiado através da fronteira da Mauritânia para o Saara Ocidental. Em lugares mais remotos, como a Antártica e Groenlândia, ele não pode ir devido aos altos custos, mas pretende arrecadar dinheiro para ir a esses locais e continuar com o seu projeto.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Dois sobreviventes e resgatados nos anos de 1960, EUA

O fotógrafo rastreou destroços de avião onde até mesmo moradores locais não sabiam do acidente e ele conta: “Uma vez precisei de um hidroplano para chegar a um lago a 400 quilômetros de distância, mas não tinha dinheiro para o transporte. Foi então que encontrou um piloto aposentado disposto a leva-lo pois não acreditava que existia destroço de um avião, onde ele dizia que tinha caído, pois nos trinta anos que ele era piloto local, nunca havia escutado sobre o acidente e ficou surpreso após encontrar os destroços do avião, abandonado ao lado do lago desde 1956. “Happy End” é apenas uma parte de um projeto maior chamado “Restwert”, onde Dietmar documenta através de fotografias navios, parque de diversões, hotéis e outras estruturas abandonadas pelo mundo afora.

Fairchild C-82A Packet, Alasca

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Em janeiro de 1965, um Fairchild C-82 sobrevoava o Círculo Polar Ártico no Alaska quando apresentou problemas. O sistema elétrico do avião falhou e eles tiveram que fazer uma aterrissagem de emergência sobre a floresta de tundra a noite, derrubando muitas árvores. Para sobreviver ao frio de -45 graus, tiveram que fazer fogueiras e tiveram muita sorte, quando outro avião viu a fumaça das fogueiras, três dias depois. Quando pesquisava sobre o acidente, o piloto sobrevivente do Fairchild C-82 lhe enviou um email, agradecendo por contar a história de seu acidente, quase cinquenta anos depois.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Avro Shackleton, Saara Ocidental. Todas as 19 pessoas a bordo sobreviveram e resgatados em 1994.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Avro Shackleton, Saara Ocidental. Todas as 19 pessoas a bordo sobreviveram e resgatados em 1994.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Douglas C-53 Skytrooper, Austrália

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Douglas C-53 Skytrooper, Austrália

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

B-24 Liberator, Papua Nova Guiné. Nove pessoas sobreviveram a queda em 1943.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

B-24 Liberator, Papua Nova Guiné. Nove pessoas sobreviveram a queda em 1943.

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Curtiss C-46 Commando, Manitoba, Canadá

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Douglas C-47 Skytrain, Yukon, Canadá com dez sobreviventes e resgatados em 1950

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Acidente com o avião Douglas C-47 Skytrain, Yukon, Canadá, com dez sobreviventes e resgatados em 1950

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

EUA

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Dois sobreviventes e resgatados em 1977, Canadá

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Brahamas

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Seis sobreviventes em 1950, Canadá

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Três pessoas sobreviveram e foram resgatados em 1979, Canadá

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Pouso forçado na Islândia, com quatros sobreviventes sendo resgatados em 1973

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Bahamas

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Piloto foi resgatado em 1948, EUA

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes de Dietmar Eckell

Três sobreviventes em acidente no ano de 1997, EUA

Crédito das fotos: Dietmar Eckell

Fontes: 1 2

“É o medo do desconhecido que impele todo mundo para os sonhos, para as ilusões, para as guerras, para a paz, para o amor, para o ódio. Tudo isto é ilusão. É isto o desconhecido. Aceite o desconhecido e será uma viagem tranquila”. – John Lennon

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1577 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Ver Comentários (1)

1 Comentário

  1. Pingback: Happy End, acidentes de aviões com finais felizes – Digitado

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abandonados

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Abandonados

O obscuro legado da Ilha de Gruinard

Magnus Mundi16 de dezembro de 2017

O polo sul da inacessibilidade

Magnus Mundi14 de dezembro de 2017

As bibliotecas perdidas de Chinguetti

Magnus Mundi29 de novembro de 2017

The donut, a fracassada ilha artificial

Magnus Mundi22 de outubro de 2017

Centralia, a cidade do fogo eterno

Magnus Mundi14 de setembro de 2017

Erdstalls, os túneis misteriosos da Europa

Magnus Mundi1 de setembro de 2017

Magic Bus, o farol da estupidez

Magnus Mundi24 de Fevereiro de 2017

Sewell, a cidade mineira abandonada nos Andes

Magnus Mundi8 de Fevereiro de 2017

St Kilda, o antigo lar do povo pássaro

Magnus Mundi21 de Janeiro de 2017