Fotografia

Hells Angels, motos e rock’n’roll

Hells Angels, motos e rock’n’roll

Os chamados Hells Angels é o grupo de motoqueiros mais famoso do mundo. Presente em 27 países e em 6 continentes e calcula-se entre 2 mil a 2,5 mil membros em todo o mundo. Eles compartilham da mesma paixão: moto com muito rock’n’roll. Seu principal lema é: Quando fazemos direito, ninguém lembra. Quando erramos, ninguém esquece.

A história dos Hells Angels é envolta em mistério e controvérsia, devido em parte ao fato de que vários indivíduos reivindicam sua fundação e, também, devido, em parte, ao seu código de conduta secreto muito restrito e que pode ser interpretado como uma prática de mitificação internacional de alguns membros do clube. Os membros não utilizam sobrenomes no tratamento entre eles. Usam apenas o primeiro nome e mais frequentemente um apelido. Devido a sua história folclórica e às ligações confirmadas de alguns de seus membros ao crime organizado, existem especulações e rumores sobre a história e as atividades. Para muitos eles são considerados como uma organização criminosa.

nicolas-auproux-bikers-38

O Hells Angels foram originalmente formados por Otto Friedlieríodo em 1948 em Fontana e São Bernardino, Califórnia, através de uma fusão de antigos membros de diferentes clubes de motocicletas, tal como “The Bastards”, Os de Saco Cheio, de Bloomington. O nome “Hells Angels” acredita-se que foi inspirado pelo uso histórico, tanto na Primeira Guerra Mundial quanto na Segunda Guerra Mundial, ao nomear esquadras ou outros grupos de guerra por ser um nome desafiador, feroz e mortal. Os Tigres Voadores baseados na China foi dividido em três esquadrilhas de avião, e uma esquadrilha foi nomeada “Hell’s Angels”.

Os Hells Angels utilizam um sistema de emblemas, similar às insígnias militares. Embora o significado específico de qualquer emblema não seja de conhecimento público, os emblemas identificam atividades especificas ou crenças de cada motociclista.16 As cores oficiais dos Hells Angels são letras vermelhas visualizadas em fundo branco. Estes emblemas são aplicados em jaquetas e roupas de couro ou jeans.

nicolas-auproux-bikers-39

Vermelho e branco são também utilizados para exibir o número 81 em muitos emblemas, como em “Suporte 81, Rota 81”. O 8 e 1 apontam as respectivas posições na alfabeto das letras H e A. São usados por amigos e apoiadores do clube, mas somente membros oficiais podem vestir qualquer logomarca dos Hells Angels.

O diamante formando o emblema um porcento também é utilizado, e escrito como “1%”, em vermelho no fundo branco com borda castanha. O termo “um porcento” é uma resposta ao Incidente Hollister quando a Associação Americana de Motociclistas (AMA) teria dito que 99% dos motociclistas eram formados por bons cidadãos e 1% por bandidos. A AMA alega não se recordar de ter dado tal declaração à imprensa, e chamada esse relato apócrifo.

Quando aceito, membros do clube vestem um emblema denotando sua posição ou hierarquia dentro da organização. O emblema é retangular, e da mesma forma que os emblemas descritos acima, são desenhados em fundo branco com letras vermelhas e bordas castanhas. Alguns exemplos de cargos usados são Presidente, Vice-Presidente, Secretário, Tesoureiro, e Sargento de Armas. Esse emblema é habitualmente colocado acima do emblema de localização do clube.

nicolas-auproux-bikers-40

Alguns membros também vestem um emblema com a rubrica ‘AFFA’, que significa ‘Angels para sempre; para sempre Angels’, referente a seu vinculo vitalício no clube de motocicletas (isto é, ‘uma vez membro, sempre um membro’).

As exigências para tornar-se um membro do Hells Angels são as seguintes: os candidatos devem ser homens, brancos, ter uma habilitação de motociclista, trabalhar com motocicletas e não pode ser um molestador de crianças ou ter sido um oficial da polícia ou guarda de prisão. Após um longo processo, um candidato a membro é primeiramente admitido como um ‘Candidato’, indicando que o indivíduo é convidado a alguns eventos do clube ou a encontrar outros membros do clube em encontros de motociclistas

Na série “Bikers”, o fotógrafo francês Nicolas Auproux clicou vários retratos de membros e prospect dessa gangue de loucos por motos. Confira as fotos:

nicolas-auproux-bikers-1

nicolas-auproux-bikers-2

nicolas-auproux-bikers-3

nicolas-auproux-bikers-4

nicolas-auproux-bikers-5

nicolas-auproux-bikers-6

nicolas-auproux-bikers-7

nicolas-auproux-bikers-8

nicolas-auproux-bikers-9

nicolas-auproux-bikers-10

nicolas-auproux-bikers-11

nicolas-auproux-bikers-12

nicolas-auproux-bikers-13

nicolas-auproux-bikers-14

nicolas-auproux-bikers-15

nicolas-auproux-bikers-16

nicolas-auproux-bikers-17

nicolas-auproux-bikers-18

nicolas-auproux-bikers-19

nicolas-auproux-bikers-20

nicolas-auproux-bikers-21

nicolas-auproux-bikers-22

nicolas-auproux-bikers-23

nicolas-auproux-bikers-24

nicolas-auproux-bikers-25

nicolas-auproux-bikers-26

nicolas-auproux-bikers-27

nicolas-auproux-bikers-28

nicolas-auproux-bikers-29

nicolas-auproux-bikers-30

nicolas-auproux-bikers-31

nicolas-auproux-bikers-32

nicolas-auproux-bikers-33

nicolas-auproux-bikers-34

nicolas-auproux-bikers-35

nicolas-auproux-bikers-36

nicolas-auproux-bikers-37

Fonte: 1

Visualização: 1076 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Este site é um projeto de um homem só, desenvolvido durante seu tempo livre, por favor, deixe um comentário do que achou do artigo. Ele será muito importante e também estou aberto a críticas construtivas.
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fotografia

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Veja mais em Fotografia

Berlim, antes e o depois de uma cidade destruída

Magnus Mundi25 de dezembro de 2018

AMA, as sereias japonesas seminuas

Magnus Mundi3 de novembro de 2018

Anacondas e pítons, as grandes cobras do mundo

Magnus Mundi30 de maio de 2018

Fotos famosas recriadas em estúdio

Magnus Mundi12 de maio de 2018

Happy End, acidentes de aviões com finais felizes

Magnus Mundi31 de março de 2018

A descoberta da tumba de Tutancâmon

Magnus Mundi5 de novembro de 2016

A invasão dos pássaros nas cidades do Japão

Magnus Mundi13 de agosto de 2016

Show de cores das tulipas na Holanda

Magnus Mundi14 de julho de 2016

O mundo despido de Spencer Tunick (NSFW)

Magnus Mundi6 de julho de 2016

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up