Engraçado

Lago Chargoggagoggmanchauggagoggchaubunagungamaugg

Lago Chargoggagoggmanchauggagoggchaubunagungamaugg

Chargoggagoggmanchauggagoggchaubunagungamaugg…Não, meu teclado não travou e nem foi o gato que saltou sobre ele. Por incrível que pareça, esta palavra é o nome oficial de um lago localizado na cidade de Webster, Massachusetts, nos Estados Unidos, que contém 45 letras em 14 sílabas. Claro que as pessoas da região o chamam de uma forma diminutiva, como lago Chaubunagungamaug ou simplesmente de lago Webster. O nome é tão complicado de escrever e pronunciar, que até mesmo as autoridades não conseguem soletrá-lo direito. Muitas placas nas proximidades do lago trazem erros de ortografia, porque as empresas que as produzem, não conseguem escrever o nome de forma correta, comendo letras ou as colocando a mais.

O lago de 5,1 km² tem sido conhecido, desde a antiguidade, por vários nomes, tais como: Chabanaguncamogue , Chaubanagogum e Chaubunagungamaug. Os historiadores concordam que todos esses nomes têm o mesmo significado – “lugar de pesca na fronteira” ou numa versão cômica “você pesca do seu lado, eu pesco do meu“. O lago é o conjunto de três menores lagoas, dividido por canais estreitos e foi no passado local de encontro dos índios Nipmuc. Seu nome original vem da língua Algonquian, e a tradução seria “lago dividido por ilhas“. O lago foi formado pelo recuo das geleiras durante a última idade de gelo, e é alimentado a partir de fontes subaquáticas e riachos.

O nome recebeu a forma atual, quando os colonos ingleses chegaram na região. Naquele tempo, um inglês chamado Samuel Slater começou a operar um moinho na aldeia vizinha de Manchaug, uma versão corrompida de “Monuhchogoks“. Os índios começaram a chamar o lago de Chargoggaggoggmanchoggagogg que significava “ingleses de Manchaug“. Tempos depois, o lago apareceu num mapa de 1795, que mostrava a cidade de Dudley e o lago com o nome “Chargoggaggoggmanchoggagogg” e em 1831, as cidades de Dudley e Oxford que eram contíguas ao lago, tinham em seus arquivos, mapas com o nome do lago de Chargoggagoggmanchoggagogg, mas uma pesquisa do lago feito em 1830 lista o nome como Chaubunagungamaugg, o antigo nome.

Lago Chargoggagoggmanchauggagoggchaubunagungamaugg

A partir de 1921, alguém decidiu adicionar o nome original indígena Chaubunagungamaug ao nome mais recente Chargoggagoggmanchoggagogg, e toda a designação se tornou “ingleses de Manchaug, vocês pescam do seu lado, eu pesco do meu lado” ou Chargoggagoggmanchauggagogg chaubunagungamaugg, sendo o maior nome de lugar nos Estados Unidos e um dos mais longos do mundo. O nome exagerado e sua tradução bem humorada foram aparentemente inventados pelo editor do jornal The Webster Times, Laurence J. Daly, que em um publicação ironizou, chamando o lago de “você pesca do seu lado, eu pesco do meu lado, e ninguém pesca no meio“. Na década de 1950, um projeto de encurtar o nome foi recebido com resistência da população.

Lago Chargoggagoggmanchauggagoggchaubunagungamaugg

Lago Chargoggagoggmanchauggagoggchaubunagungamaugg

Uma das muitas placas de estrada com erros ortográficos | Crédito da foto

Fonte: 1 2

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 254 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Comentários Facebook

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Engraçado

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Engraçado

Cardrona Bra Fence, curiosa cerca dos sutiãs

Magnus Mundi16 de abril de 2018

Ecce Homo, a restauração fracassada que salvou uma cidade

Magnus Mundi20 de janeiro de 2017

A árvore que foi presa no Paquistão

Magnus Mundi6 de setembro de 2016

Mostrando a bunda para o Amtrak

Magnus Mundi9 de abril de 2016

Streaking ou Chispada, o ato de correr nu! (NSFW)

Magnus Mundi21 de outubro de 2015

Boa sorte, Sr. Gorsky!

Magnus Mundi10 de setembro de 2015
Scroll Up