Arquitetura

Liebian Building, a cachoeira construída num edifício

Liebian Building, a cachoeira construída num edifício

À medida que mais arranha-céus se erguem para preencher os horizontes das cidades chinesas, fica cada vez mais difícil de criar designs originais que faz o prédio se destacar da maioria. O Liebian International Building, um torre de 121 metros de altura é um desses, onde a ousadia dos arquitetos falou mais alto. O prédio se localiza no centro financeiro da cidade de Guiyang, capital da província de Guizhou, no sudoeste da China.

No Liebian foi projetado a maior cachoeira urbana do planeta, que flui de dentro do prédio, ostentando um impressionante jato de água que cai de uma altura de 108 metros. A cachoeira foi projetada para ser uma atração turística e foi construída pela Guizhou Ludiya Property Management Company, uma empresa privada que tem seus escritórios no prédio. O edifício Liebian também abrigará um hotel e um shopping center, quando o complexo estiver concluído. A cachoeira do Liebian tem cerca de três metros a mais do que o recordista anterior – a Torre da Cidade Solar, no Rio de Janeiro.

Esta espetacular cachoeira é alimentada por um sistema elétrico que consiste em quatro bombas a uma potência de 185 quilowatts, que consome mais de 118 dólares do hora. A água é uma combinação de água da chuva e água reaproveitada que é armazenada em um sistema subterrâneo de armazenamento e drenagem e depois usada novamente para as quedas. A cachoeira só é ativada por no máximo vinte minutos e em eventos importantes da cidade e desde que foi inaugurada em 2016, só foi acionada seis vezes.

O prédio faz parte de uma tendência de estruturas de formato incomum na China que acompanhou o boom de construções que o país está experimentando, à medida que os desenvolvedores e as cidades buscam por inovações. Esses edifícios de forma estranhas incluem um arranha-céu gigantesco em forma de anel em Guangzhou, projetado pelo arquiteto italiano Joseph di Pasquale, e o hotel em forma de ferradura em Huzhou. A bizarra tendência levou o presidente chinês Xi Jinping a pedir o fim da “arquitetura estranha” no país, em 2014. Xi Jinping já era particularmente crítico ao prédio inusitado da sede da OTV em Pequim.

O edifício Liebian International é um dos primeiros de vários edifícios que serão inaugurados em breve na Ásia, com recursos híbridos em grande escala. O Jewel Changi Aiport, em Singapura, projetado pelo arquiteto Moshe Safdie terá uma cachoeira de 40 metros de altura no centro, enquanto em Qingdao, está sendo planejado uma represa com 50 metros de altura no Chinese Eden Project, que será a maior cachoeira interna do mundo. A cachoeira artificial mais alta do mundo, a Cascata delle Marmore, de 165 metros de altura, na Úmbria, foi criada pelos antigos romanos.

Fontes: 1 2 3

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1033 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Este site é um projeto de um homem só, desenvolvido durante seu tempo livre, por favor, deixe um comentário do que achou do artigo. Ele será muito importante e também estou aberto a críticas construtivas.
Ver Comentários (1)

1 Comentário

  1. Pingback: Liebian Building, a maior cachoeira urbana do mundo – Digitado

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquitetura

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Veja mais em Arquitetura

Os bunkers do Dia do Juízo Final em Dakota do Sul

Magnus Mundi11 de agosto de 2019

Os guardiões dos mares brasileiros

Magnus Mundi2 de junho de 2019

McGuire Irish Pub, o pub irlandês de um milhão de dólares

Magnus Mundi1 de junho de 2019

Triora, a terra das bruxas na Itália

Magnus Mundi25 de maio de 2019

Kayabuki no Sato, a pequena vila e seu sistema anti-incêndio

Magnus Mundi15 de abril de 2019

Cragside, a primeira casa do mundo a ter energia elétrica

Magnus Mundi7 de abril de 2019

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Magnus Mundi22 de março de 2019

O relógio ao contrário da Bolívia

Magnus Mundi24 de fevereiro de 2019

As janelas de bruxa de Vermont

Magnus Mundi23 de fevereiro de 2019

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up