Esculturas

Monumento esperança para a paz, no Líbano

Monumento esperança para a paz, no Líbano

O Museu Militar libanês, dedicado à preservação de antigas relíquias militares, fica perto do novo palácio presidencial e em frente ao Ministério da Defesa Nacional, em Yarzeh, uma cidade ao sudeste de Beirute, no Líbano. Próximo à entrada do Ministério, uma imensa torre com tanques reais, peças de artilharia, morteiros e veículos blindados, comprimidos entre camadas espessas de concreto, sobe 30 metros de altura. O imponente monumento de 6.000 toneladas que se assemelha a um edifício, contém 78 veículos militares diversos. O monumento foi projetado pelo artista americano nascido na França, Armand Fernandez em 1995 e intitula-se “The Hope for Peace” (Esperança para a Paz). É um reflexo notável de uma cidade que a pouco tempo atrás tinha sido reduzida a ruínas em várias guerras internas e externas.

A ideia desta escultura estava na mente de Armand Fernandez há bastante tempo. De acordo com o jornal Independent, que conceitua a escultura como uma “monstruosidade”, ele primeiramente ofereceu o monumento para a cidade de Estrasburgo, na França, para as celebrações do Dia D no início de 1970. Já o jornal New York Times escreveu que ele tentou fazê-lo nos Estados Unidos e na Europa, mas custava muito caro. Ofereceu a França, que recusou, Fernandez então ofereceu seu trabalho para os israelenses em 1983, um ano depois que Israel invadiu o Líbano, o que resultou na morte de 17.500 civis. Mas a oferta foi novamente recusada. E finalmente, o monumento foi aceito pelo Líbano, que então decidiu inaugurar no 50º aniversário do exército libanês.

hope-for-peace-libano_003

Após o fim da guerra civil libanesa que durou 15 anos, em 1990, o país encontrava-se com um excedente de equipamento militar, foi reunido para compor a torre de concreto de Fernandez. Cada arma, tanque e artilharia móvel foi soldada à uma estrutura interna em meio a sacos de areia e concreto. Os veículos blindados enferrujados foram pintados, com a tradicional pintura de camuflagem.

Esta escultura expressa uma esperança para a paz“, Fernandez disse à multidão durante sua inauguração. “O trabalho simboliza o fim da guerra civil de 1975-1990 no Líbano, incorporando os tanques e outros veículos militares em concreto para erradicar a sua utilização original e torná-los para sempre quietos e silenciosos. É também um aviso para aqueles que ainda desejam fazer a guerra. Ao ver essas armas embutidas no concreto, as pessoas podem se conscientizar e pensar duas vezes porque o Líbano sofreu tanto e é hora de ser amigos novamente.

hope-for-peace-libano_001

hope-for-peace-libano_002

hope-for-peace-libano_004

hope-for-peace-libano_005

hope-for-peace-libano_006

hope-for-peace-libano_007

A maioria dos trabalhos anteriores de Armand Fernandez são caracterizadas pela acumulação e montagem de objetos. Antes de Fernandez construir o monumento no Líbano, ele já tinha construído um semelhante utilizando carros, que é chamado de “Long Term Parking” e está localizado no castelo de Montcel em Jouy-en-Josas, na França. Esta escultura de 20 metros de altura é composta por cerca de 60 carros, principalmente franceses, empilhados um em cima do outro e fixados com 18 toneladas de concreto, obra essa criada em 1982.

long-term-parking-franca_003

long-term-parking-franca_001

long-term-parking-franca_002

Postagens pelo mundo:

Visualização: 440 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esculturas

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Esculturas

Fotos famosas recriadas em estúdio

Magnus Mundi12 de maio de 2018

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Sheela na gigs, os entalhes eróticos da Idade Média

Magnus Mundi2 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Agulhas de Cleópatra, os obeliscos do Egito Antigo

Magnus Mundi20 de agosto de 2017

O busto indestrutível de Pablo Iglesias

Magnus Mundi30 de julho de 2017

Os gigantes esquecidos de Thomas Dambo

Magnus Mundi7 de maio de 2017

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Magnus Mundi30 de abril de 2017