Inusitados

Neuschonau, a caminhada mais alta e longa em árvores do mundo

Neuschonau, a caminhada mais alta e longa em árvores do mundo

Baumwipfelpfad Bayerischer Wald, é uma estrutura de madeira em forma de cone de nove andares no meio de uma floresta construída em 2009, em Neuschonau na Alemanha, sendo considerada a caminhada mais alta e longa em árvores do mundo. Tal estrutura tem uma rampa circular com 1.300 metros de comprimento, que leva os visitantes a 25 metros de altura acima da cobertura das árvores, e a estrutura tem um total de 44 metros de altura. A rampa em espiral de 360 graus ao redor da cúpula oferece vistas deslumbrantes sobre a natureza circundante. No mirante no topo da torre, num dia ensolarado, se pode ver as montanhas dos Alpes ao norte, que se estende de leste a oeste. A torre foi construída em torno de três árvores abeto com 38 metros de altura.

A caminhada pelas árvores em Neuschonau, é uma parte da maior área de floresta protegida da Europa Central – Parque Nacional da Floresta da Baviera, que também é o primeiro parque nacional da Alemanha. O passeio em árvore (Baumwipfelpfad, em alemão) começa com uma curta subida de elevador ou por escadas até a bilheteria, a oito metros acima do estacionamento.

À medida que os caminhantes começam a subir pela rampa de madeira, se percebe uma leva inclinação para o centro, facilitando a subida de cadeiras de rodas e carrinhos de bebê. Todo o edifício foi planejado para que os visitantes se sentissem parte do ambiente natural e pelo caminho a vários pontos informando sobre a floresta circundante e os pinheiros mais conhecidos. Em determinados ponto pelo caminho, há sete estações de atividades para jovens e adultos aventureiros que procuram emoções extras. Eles podem experimentar passar por pontes de corda e madeira em passarelas estreitas e outros desafios, todos com redes de proteção. A trilha da árvore está aberta todo o ano e há eventos ligados à natureza organizada ao longo do ano.

Fontes: 1 2

“Aprenda com o ontem, viva para o hoje, acredite no amanhã. O importante é não parar de questionar!”. – Albert Einstein

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 128 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inusitados

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Inusitados

Como uma ponte de Londres foi parar na América

Magnus Mundi12 de outubro de 2018

A floresta fantasma de Neskowin

Magnus Mundi10 de outubro de 2018

Shōwa-shinzan, a montanha que o Japão escondeu do mundo

Magnus Mundi6 de outubro de 2018

Os moradores das copas das árvores da floresta de Hambach

Magnus Mundi3 de outubro de 2018

Corippo, a aldeia que se transformará em hotel

Magnus Mundi3 de outubro de 2018

Monte Kali, a montanha branca de sal

Magnus Mundi27 de setembro de 2018

Dogon, o povo das estrelas que vive nas escarpas Bandiagara

Magnus Mundi28 de julho de 2018

Skull Rock, a ilha da caveira da Austrália

Magnus Mundi1 de julho de 2018

Os moinhos em cascata de Folón e Picón

Magnus Mundi22 de junho de 2018
Scroll Up