Arte

Nychos, corpos dissecados pelas paredes

Nychos, corpos dissecados pelas paredes

Nychos é um artista de rua que nasceu na pequena aldeia de Graz, que ele a chama de Inferno Verde, em Styria no sul da Áustria, que cria pinturas super criativas em paredes, mostrando animais, seres humanos e outros personagens em movimento com seus corpos dissecados, abertos e cortados em seções anatômicas.

Nychos cresceu em uma família de caçadores, e desenvolveu um forte interesse pela anatomia. Na infância e adolescência, ele viu coisas que as pessoas normais considerariam como cruéis e brutais, como um veado sendo cortado e suas entranhas e intestino saindo de seus corpos. Isso deixou uma forte impressão em Nychos, ainda que de uma forma positiva. Mais tarde, quando ele começou a pintar, ele combinou seu amor por histórias em quadrinhos, desenhos animados, anatomia e desenvolveu seu estilo de assinatura. Nychos é também o fundador do movimento da arte chamado REM – Rabbit Eye Movement, algo como “coelhos, movimento com os olhos”. que nutre a noção a ideia de destruição criativa e o colapso da sociedade, porque considera que os coelhos operam fora de nosso sistema.

artista-nychos-002

artista-nychos-004

artista-nychos-005

artista-nychos-006

artista-nychos-007

artista-nychos-008

artista-nychos-009

artista-nychos-010

artista-nychos-011

artista-nychos-012

artista-nychos-013

artista-nychos-014

artista-nychos-015

artista-nychos-016

artista-nychos-017

artista-nychos-018

artista-nychos-019

artista-nychos-020

artista-nychos-021

artista-nychos-022

artista-nychos-023

artista-nychos-024

artista-nychos-025

artista-nychos-026

artista-nychos-027

artista-nychos-028

artista-nychos-029

artista-nychos-030

artista-nychos-031

artista-nychos-032

artista-nychos-033

artista-nychos-034

artista-nychos-035

artista-nychos-001

artista-nychos-003

Postagens pelo mundo:

Visualização: 282 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arte

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Arte

A arte biodegradável do suiço Saype

Magnus Mundi8 de setembro de 2018

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Magnus Mundi9 de março de 2018

Michelangelo e a Capela Sistina

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Os desenhos escondidos de Michelangelo

Magnus Mundi12 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Fordite, as joias feitas com tinta

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Victor Noir, uma estátua com uma ereção post mortem

Magnus Mundi23 de julho de 2017
Scroll Up