Trou de Bozouls ou “Buraco de Bozouls”, é uma grande garganta em forma de ferradura localizado perto da comuna de Bozouls, no departamento de Aveyron, no sul da França. O desfiladeiro foi escavado pela ação erosiva da água do rio Dourdou que atravessa o largo platô de calcário de Causse Comtal no Maciço Central (Massif Central). Tem 400 metros de diâmetro e mais de 100 metros de profundidade. A característica mais marcante deste monumento natural é a cidade de Bozouls (também  chamada de”O portão de Haut Rouergue”) situada à direita na extremidade da curva do rio.

O Buraco de Bozouls na França

A região do Maciço Central, constituído por montanhas e planaltos, e cobrindo cerca de 15 por cento de toda a França, começou a formar-se há cerca de 600 milhões de anos atrás (durante a era pré-cambriana), quando o dobramento (orogênese hercínica) resultou no empuxo de grandes cadeias de montanhas. Há 200 milhões de anos atrás (durante a era Mesozóica), a parte sul do Maciço Central estava embaixo do mar, e foi gradualmente coberto com depósitos sedimentares.

Novas cadeias de montanhas como os Pirineus, surgiram há 60 milhões de anos atrás (durante o período Terciário). As ondas de choque deste movimento violento foram sentidas muito longe, em particular no Maciço Central, onde grandes vulcões entraram em erupção. Cerca de dois milhões de anos atrás (durante o período Quaternário), períodos de climas quentes e frios se sucederam; geleiras avançaram e recuaram, e os rios subiram e desceram, moldando a paisagem inusitada que vemos hoje em Trou de Bozouls.

O Buraco de Bozouls na França

Há indícios de assentamentos humanos na região desde os tempos mais remotos. Evidências dos primeiros habitantes incluem ferramentas rudimentares, algumas das quais usadas para construir edifícios de pedra de calcário. A localização geográfica de Bozouls, na borda acima de uma das curvas do rio Dourdou, tornou-se um reduto defensivo natural. A sua posição, sobre um esporão rochoso elevado e apenas acessível a partir do sul, deu a vila e o castelo que existia no local na Idade Média, um local protegido naturalmente.

Apenas alguns blocos de pedras é tudo que restou das muralhas do castelo. Os moradores locais continuam a chamar a vila de “castelo”, porque ela foi construída em torno e sobre as muralhas e fossos do antigo castelo. Com o passar dos anos, a construção das casas começou a se espalhar na margem direita do rio e ao redor de duas antigas torres medievais que também existiam no local.

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

O Buraco de Bozouls na França

Crédito das fotos: 1

Fontes: 1 2

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 367 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Sobre o Autor

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Você pode gostar de ver isso

Faça um comentário

Seu email não será publicado