Exóticos

O gigante nu de Cerne Abbas

O gigante nu de Cerne Abbas

Gigante de Cerne Abbas, também conhecido como Gigante Cerne ou Homem Rude é um desenho de 55 metros de altura por 51 metros de largura, onde o terreno foi removido cerca de 30 cm e colocado giz branco ao longo dos anos, feito em uma colina de um homem nu com seu pênis ereto, empunhando uma clava de 37 metros de comprimento próximo de Cerne Abbas, uma vila em Dorset, na Inglaterra. O pênis e seus testículos, medem 11 metros de comprimento e é quase o comprimento de sua cabeça. Tanto a identidade e a data de quando foi feito permanecem um mistério, com teorias que vão desde um deus da fertilidade pré-histórico a uma imagem satírica do século 17. Atualmente é considerado um símbolo espiritual da antiguidade relacionado à fertilidade e da maior e mais bem preservada das figuras desenhadas em encostas das colinas da Grã-Bretanha.

Ninguém sabe ao certo quando o gigante da encosta foi realmente feito. Há registros de que foi relatado pela primeira vez em 1694, nas contas do sacristão da Igreja de St. Mary, em Cerne Abbas, que registra que foi pago 3 shillings na reparação do gigante, sem maiores detalhes. Talvez por serem usados o símbolo do gigante em placas de chumbo no telhado da igreja, como essas placas também são usadas perto da encosta do gigante. Referências posteriores do gigante começaram a aparecer em revistas a partir de 1763.

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_001

Há muitas teorias sobre a identidade do gigante de Cerne Abbas. Uma interpretação muito comum é que ele é um deus da fertilidade pré-histórico ou símbolo da cultura celta. Há uma área demarcada apagada embaixo mão esquerda do gigante, que poderia ser um remanescente de uma cabeça decepada, e assim seria um antigo símbolo religioso celta. Dando crédito a essa teoria existe outro desenho de giz em uma encosta na Inglaterra, de um cavalo, conhecido como o Cavalo Branco de Uffington. Uma formação na colina acima do gigante, foi datada da Idade do Ferro, período esse caracterizado pela utilização do ferro como metal a partir de 1.200 a.C..

Outra possibilidade é que o Gigante de Cerne Abbas é o herói greco-romano Hércules, pois ele muitas vezes era representado nu (ou com pouca roupa) com uma clave na mão direita e uma pele de leão sobre seu ombro esquerdo, que se dizia que era a pele do Leão da Nemeia, derrotado por Hércules. A imagem do pedaço de pele, no entanto, acabou sumindo com o tempo. Há uma coleção de estátuas de terracota romana que descreve o gigante no Museu de Arles, na França. Se o gigante é Hercules, ele pode ter sido feito durante o reinado do imperador Commodus (180-193 dC), que se acreditava ser a reencarnação de Hércules e revivido o culto do herói.

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_002

Uma terceira teoria é que o gigante foi feito pelos monges beneditinos da Abadia Cerne que fica nas proximidades, ironizando um novato chamado Thomas Corton, que foi expulso do mosteiro por negligência. Pode não ser o tipo de desenho que se espera de monges, mas uma figura semelhante existia perto do convento beneditino em Wilmington, em Sussex. Além disso, esta teoria pode explicar por que a imagem aparentemente pagã foi deixada em paz e não destruída por tanto tempo, estando tão perto de um mosteiro, especialmente em tempos puritanos e de reformas que passava a Europa.

Outra possibilidade interessante é de que o Gigante de Cerne Abbas é uma paródia de Oliver Cromwell, um militar e político puritano do século 17, que se auto denominava Moisés e acreditava que deus o guiava em suas vitórias. Em 1774, o reverendo John Hutchins afirmou que o gigante foi criado por Lord Denzil Holles, o dono da colina em 1642-1666, para satirizar a regra puritana de Oliver Cromwell. Oliver Cromwell era ironicamente chamado de “Hércules da Inglaterra” por seus inimigos.

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_003

Por razões óbvias, o gigante também carrega um enorme folclore em torno do tema da fertilidade. Uma mulher que tem vontade de engravidar, por exemplo, é aconselhada pela cultural local a passar uma noite sozinha acampada junto ao gigante – mais especificamente sobre a representação de seu órgão genital. Além disso, algumas lendas contam que casais jovens que fazem amor perto da área onde repousa o gigante, têm mais chances de conceber um filho. Outro folclore, ainda, diz que as mulheres solteiras que dormem junto ao gigante garantem um casamento no futuro. No entanto, essas culturas já não são mais tão comuns na região desde o século 19, embora alguns aventureiros ainda andem por lá em busca dessas experiências.

Atualmente, o gigante tem sido usado em publicidades para promover preservativos, jeans e bicicletas. No ano de 2007, na época do lançamento de The Simpsons Movie, foi pintada ao lado da imagem uma gravura de Homer Simpson segurando um donut. De acordo com uma publicação, cartões postais do gigante eram as únicas fotografias indecentes que podem ser enviadas através dos correios ingleses. Independente do verdadeiro significado da escultura, até hoje é um grande ponto turístico de Dorset, na Inglaterra.

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_006

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_007

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_008

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_004

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_005

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_009

O-gigante-nu de-Cerne-Abbas_010

Fontes 1 2 3

Faça nosso trabalho valer a pena! O seu comentário é o que nos move.

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 397 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exóticos

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Exóticos

Skull Rock, a ilha da caveira da Austrália

Magnus Mundi1 de julho de 2018

Gocta, a catarata escondida do Peru

Magnus Mundi15 de junho de 2018

Ko Panyi, aldeia flutuante da Tailândia

Magnus Mundi26 de maio de 2018

El Totumo, diversão na lama vulcânica

Magnus Mundi25 de maio de 2018

Cardrona Bra Fence, curiosa cerca dos sutiãs

Magnus Mundi16 de abril de 2018

Santuário de Las Lajas, a igreja do abismo

Magnus Mundi23 de março de 2018

Ilhas Trobriand, as ilhas do amor do Oceano Pacífico

Magnus Mundi20 de março de 2018

Chimi Lhakhang, o templo dedicado ao pênis

Magnus Mundi18 de março de 2018

Glowworms Caves, a caverna do céu estrelado

Magnus Mundi11 de março de 2018