Inusitados

Pok Fu Lam, cemitério inusitado de Hong Kong

Pok Fu Lam, cemitério inusitado de Hong Kong

O cemitério privado de “Pok Fu Lam Road Cemetery“, também conhecido como o cemitério cristão chinês, foi construído em 1882 nas colinas no bairro de Pok Fu Lam, no lado oeste de Hong Kong, no extremo oeste do Distrito Sul da ilha. Construído na encosta da montanha e interligados com escadas, o cemitério se assemelha a um imenso anfiteatro ao ar livre e é gerenciando pela “Hong Kong Chinese Christian Churches Union“.

Construído em terraços esculpidos na encosta da montanha, as sepulturas oferecem vista panorâmica sobre a baía de Sandy Bay. O cemitério está dividido em duas seções, uma acima da estrada Victoria Road e outro abaixo dela. A seção acima da Victoria Road contém sepulturas e um columbário (depósitos de urnas com cinzas de cremação) com mais de 20.000 espaços. A seção abaixo de Victoria Road, consiste somente de túmulos.

O “Pok Fu Lam Road Cemetery” é diferente de outros cemitérios em Hong Kong porque incorpora tanto as práticas tradicionais chinesas de enterro cristão com elementos do Feng Shui, que orienta que túmulos se localizem em encostas, com vista para o litoral. Deste modo, o cemitério se desenvolve em curvas de nível, como se fossem grandes degraus.

Símbolos do cristianismo, como cruzes e anjos, são visíveis nas sepulturas. No topo do cemitério há uma fonte com um grande crucifixo com vista para as sepulturas abaixo, bem como para o oceano.

Devido a enorme densidade urbana da cidade – que tem o metro quadrado mais caro do mundo – a falta de espaço faz um túmulo em um cemitério privado chegar a custar mais de 380 mil dólares.

A construção de novos cemitérios é proibida na cidade, e os cemitérios públicos são obrigados a exumar e cremar os ossos após seis anos para dar lugar aos recém-chegados. Segundo o Departamento de Higiene Alimentar e Ambiental de Hong Kong, mais de 90% dos mortos estão sendo cremados.

Artigo publicado originalmente em maio de 2015

Fonte: 1 2

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 670 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário
Ver Comentários (1)

1 Comentário

  1. Pingback: Pok Fu Lam, cemitério inusitado de Hong Kong – Digitado

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inusitados

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Veja mais em Inusitados

Hart Island, a ilha dos mortos de Nova Iorque

Magnus Mundi29 de março de 2020

Lazaretos de Dubrovnik, as origens sombrias da quarentena

Magnus Mundi28 de março de 2020
Crédito foto: http://en.wikipedia.org/wiki/File:Alfa_Romeo_147_tunnel.JPG

Túnel Lærdal, o túnel rodoviário mais longo do mundo

Magnus Mundi12 de fevereiro de 2020

Khuk Khi Kai, a prisão de cocô de galinha

Magnus Mundi24 de dezembro de 2019

La Piedra Del Peñol, um imenso monolito colombiano

Magnus Mundi28 de agosto de 2019

A solitária capela dentro do vulcão de Santa Margarida

Magnus Mundi24 de agosto de 2019

Lago de Monet, a lagoa onde a arte ganha vida

Magnus Mundi23 de agosto de 2019

Os bunkers do Dia do Juízo Final em Dakota do Sul

Magnus Mundi11 de agosto de 2019

Ponte De Le Tette, a Ponte dos Seios de Veneza

Magnus Mundi6 de agosto de 2019

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up