Arte

Salvation Mountain, a montanha do amor

Salvation Mountain, a montanha do amor

Leonard Knight passou 30 anos de sua vida pintando uma montanha, em Niland, Califórnia, EUA, dedicando sua vida ao amor e a Deus. Tudo começou em 1967, enquanto ele estava sozinho em sua van. Era quarta-feira de manhã, ele tinha 35 anos e sentia-se vazio, cansado das coisas. Foi quando, sem saber por que, começou a falar alto e repetidamente: “Jesus! Por favor, venha pro meu coração!” e de repente sentiu-se bem, feliz, completo.

Anos depois ele viu um balão voando pela cidade e percebeu o impacto que aquilo teve nas pessoas. Decidiu fazer um balão cheio de mensagens sobre o quanto Deus ama as pessoas. Passou anos se dedicando ao máximo nessa ideia, ele mesmo construiu o balão (100 metros de circunferência) e em 1984 foi até o deserto da Califórnia para soltá-lo.

Salvation-mountain41

Leonard Knight e sua montanha

Mas ficou muito grande e Leonard não conseguia inflá-lo. Muitas pessoas tentaram ajudar, fizeram de tudo! Mas não conseguiram fazê-lo voar. Leonard se sentiu um fracasso. Decidiu ficar ali mais uns dias e fazer uma pequena homenagem para Deus em cima de uma montanha, esculpindo e pintando algumas frases na montanha, utilizando tinta, cimento, argila e alguns objetos que encontrou no deserto. Só que os dias viraram semanas, as semanas viraram meses… e 23 anos depois ele continua esculpindo e pintando, aquela mesma montanha, com palavras como: Amor, paz, alegria, sacrifício, compaixão. Tudo para transmitir sua mensagem: “Deus é Amor”.

Após 4 anos de trabalho na montanha, um desabamento pôs tudo abaixo. Sem perder o entusiasmo, Leonard voltou a reconstruí-la, com mais cuidado para que não houvessem outros desabamentos.

Salvation-mountain40

Como era montanha na primeira vez que Leonard trabalhou nela e como ficou após o desabamento

Em 94, algumas autoridades locais julgaram que a Salvation Mountain poderia se tornar um empecilho nos planos de desenvolvimento econômico da região. Para justificar seus atos, as autoridades alegaram que ali havia alto níveis de substâncias tóxicas. A população rapidamente se organizou e reuniu centenas de assinaturas e conseguiram um outro laudo, revelando que ali não havia nenhuma contaminação. Em 2002, a Salvation Mountain foi nomeada Tesouro Nacional dos EUA.

Salvation-mountain01

A Salvation Mountain tem aproximadamente 15 metros de altura e ocupa 50 metros de diâmetro e recebe cerca de 100 visitantes por dia, que quando era vivo, Leonard fazia questão de receber afetuosamente. Quem quisesse ajudar, Leonard pedia que qualquer doação fosse feita em tintas, de preferência acrílica. Estima-se que ele tenha utilizado mais de 100.000 galões em seu trabalho. Já o seu balão foi reconstruído e hoje é exibido no Baltimore’s American Visionary Art Museum, dirigido por Rebecca Hoffberger, que comentou sobre o trabalho de Leonard: “Sua arte é sobre o amor. Não há julgamento na sua visão de Deus. Ele simplesmente ama as pessoas. É um artista reconhecido mundialmente, não é isso que todos queremos ver? Ele faz isso sem nos cobrar nada.

Leonard dormia todos os dias no Salvation Truck, um caminhão velho transformado em casa. Um dia, quando questionado se era feliz, ele respondeu:

Eu amo todo mundo. Não forço ninguém sobre suas crenças. O grande propósito disso tudo é que Deus nos dá seu amor, de uma forma simples. É simplesmente uma linda história de amor. Quando estou pintando ou esculpindo, eu estou me divertindo. Nunca fui tão feliz em toda minha vida.

O filme “Na natureza Selvagem” de 2008 baseado numa história real, teve cenas na Salvation Mountain, fazendo a ser conhecida em todo o mundo. Esta gigantesca demonstração de arte encaixou de forma perfeita no filme, que conta a viagem de Christopher McCandless através da América do Norte e Alaska, em 1992, à procura de aventuras e para fugir da civilização. A inclusão de Salvation Mountain no filme não foi em vão: esta instalação incorpora bem o espírito de fuga da civilização preconizado por Christopher – e que o levaria à morte, em agosto de 1992, no Alaska.

Em 2000, a “Folk Art Society of America” declarou o local como “digno de preservação e proteção” e, desde então, uma instituição de solidariedade social foi estabelecida para apoiar o projeto. Depois da morte de Leonard Knight,  membros da comunidade Slab City, situada perto de San Diego, na Califórnia, continuaram o seu trabalho

Leonard Knight, morreu no início de 2014, Leonard Knight, morreu no início de 2014, aos 76 anos

Leonard Knight, morreu no início de 2014, aos 76 anos de idade

Salvation-mountain05

Salvation-mountain00

[justified_image_grid preset=4]

Vista Panorâmica da Salvation Mountain

Site Oficial

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 454 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arte

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Arte

A arte biodegradável do suiço Saype

Magnus Mundi8 de setembro de 2018

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Magnus Mundi9 de março de 2018

Michelangelo e a Capela Sistina

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Os desenhos escondidos de Michelangelo

Magnus Mundi12 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Fordite, as joias feitas com tinta

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Victor Noir, uma estátua com uma ereção post mortem

Magnus Mundi23 de julho de 2017
Scroll Up