Atualmente não é mais nenhuma novidade, vilas e aldeias sobre as águas nos mares e lagoas ao redor do mundo. Há muitas no Vietnã, Tailândia, Índia e até mesmo no lago Titicaca entre Peru e Bolívia.

Mas o que difere a vila de Sandu’ao na China é que ela tem mais de mil anos de história, foi devastada em guerras e sobreviveu e atualmente é a maior comunidade flutuante do mundo, com uma população de mais de 8.000 habitantes.

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu’ao é uma enorme vila de pescadores e conhecida também como “Future World Water“, algo como “o mundo marinho do futuro” e fica em Luoyuan Bay, costa oeste do Pacífico, no nordeste da província de Fuijan, a 30 quilômetros da cidade de Ningde. A vila é auto-sustentável, onde os habitantes não precisam mais pisar em terra firme para garantir a sua sobrevivência.

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sobre as águas, eles têm agência de correio, delegacia de polícia, restaurantes e lojas de conveniência, bem como telefone, internet e outras facilidades da vida moderna. As pessoas levam a vida normalmente, tendo animais de estimação, como gato e cachorros. Estimasse que Sandu’ao abrange uma área de mar de 780 quilômetros quadrados.

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Na década de 1930, a vila tinha pelo menos 20 empresas estrangeiras da Grã-Bretanha, EUA, Alemanha, Rússia, Japão, Holanda, Suécia, Espanha e Portugal operando na área. Depois de ser devastado por bombardeios aéreos, durante a invasão japonesa na Segunda Guerra Mundial, Sandu’ao passou por uma década de reconstrução.

Atualmente, Sandu’ao é a maior área de cultivo de corvina amarela e frutos do mar, incluindo mariscos, ostras,  lagostas, camarões e algas marinhas. Dois terços de toda a produção pesqueira e de cultivo marinho na China sai de Sandu’ao e de outras pequenas vilas flutuantes da região.

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Assim como a maioria das aldeias chinesas, Sandu’ao possui casas modestas feitas de madeira, a única diferença é que elas são construídas sobre pontões resistentes feitos de bambu e madeira, ligados a barris de plástico e pedaços de PVC, para garantir a flutuabilidade. Porque no qual está inserido está completamente isolado do mar aberto, nenhuma onda ameaça a paz de Sandu’ao e os pontões simplesmente balançam graciosamente nas águas calmas.

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Não só sendo um importante fornecedor de frutos do mar para o país chinês, Sandu’ao também está se tornando uma atração turística cada vez mais popular para viajantes ansiosos em experimentar a vida diária sobre a água.

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Sandu'ao, a maior comunidade flutuante do mundo

Fonte: 1 2

Artigo publicado originalmente em maio de 2015

Postagens por esse mundo afora

Veja também:

Santa Cruz del Islote, a ilha que mora gente demais

Ko Panyi, a aldeia flutuante da Tailândia

Visualização: 548 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Sobre o Autor

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Você pode gostar de ver isso

Faça um comentário

Seu email não será publicado