Arte

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Guy Laramée é um artista canadense que, no decorrer de seus 30 anos de profissão já fez de tudo: escreveu, fez teatro, compôs música Guy_Larameecontemporânea, desenhou e fabricou instrumentos musicais, cantou, fez vídeos e muitas outras, mas é nas suas esculturas em livros que ele é reconhecido mundialmente.

Uma de suas esculturas mais famosas se chama “Adieu” e se trata de uma homenagem à famosa Enciclopédia Britânica, que após 244 anos de existência anunciou que encerraria a impressão e encadernação de seu conteúdo. Apropriando-se da ideia que a enciclopédia de agora em diante será um item de colecionador, o artista unificou 24 volumes e os transformou numa linda paisagem que se transforma, gradualmente, de montanhas verdes a pastagens e pradarias semidesérticas, tendo como inspiração cenários naturais vistos por Laramee em suas viagens pelo Equador, Chile e Brasil. É como se ele traduzisse em sua obra a ascensão e o declínio da trajetória desta importante publicação.

Serra catarinense esculpidas em livros

Adieu – Escultura feita na Enciclopédia Britânica

Seu mais recente trabalho é uma série de esculturas em livros, onde ele capta a mística dos pássaros nativos da região brasileira da Serra do Corvo Branco (localizada no sul do estado de Santa Catarina, pela qual passa a Rodovia Estadual SC-370, estrada que liga os municípios de Urubici e Grão Pará), tanto através de pintura das aves e em paisagem esculpida nas folhas dos livros. Intitulada “Onde Elles Moran” a série é composta de nove livros, onde cada capa foi ilustrado com um tipo diferente de pássaro nativo da região catarinense, enquanto que as páginas foram esculpidas e pintadas para assemelhar-se as paisagens que as aves chamam de lar.

O artista passou quatro meses nas serras gaúchas e de Santa Catarina e inicialmente sua intenção era apenas fotografar a região. Mas o cenário que ele encontrou surpreendeu-o tanto que ele decidiu pelas esculturas e ilustrações nos livros, portanto, a série é dedicada aos pássaros brasileiro e seu habitat, onde nas capas ilustrou com as ave da região catarinense e nas folhas do livros esculpiu as paisagens onde vivem essas aves.

Os livros que ele usou nas esculturas, são cópias de segunda mão de Clássicos Jackson, uma série de clássicos da literatura brasileira publicados na década de 1950.

Guy Laramée espera que a série mostre as grandes diferenças entre homens e pássaros, reconhecendo que não vivemos no mesmo mundo. O mundo dos homens, foi transformado em um objeto, a partir do qual nós agora se sentimos alienados, e que vivemos dentro de nossas cabeças e livros, não nos canyons, florestas ou campos. “Talvez onde elas vivem é onde devemos viver“, diz Laramée. “Na solidão de paisagens bucólicas, poderíamos redescobrir nosso relacionamento mais íntimos com o mundo.

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Serra catarinense esculpidas em livros

Site do artista: Guy Laramee

Fonte: 1 2

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1021 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arte

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Arte

A arte biodegradável do suiço Saype

Magnus Mundi8 de setembro de 2018

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Magnus Mundi9 de março de 2018

Michelangelo e a Capela Sistina

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Os desenhos escondidos de Michelangelo

Magnus Mundi12 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Fordite, as joias feitas com tinta

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Victor Noir, uma estátua com uma ereção post mortem

Magnus Mundi23 de julho de 2017
Scroll Up