Animais

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek era uma ovelha da raça Merino, um macho castrado, que vivia em South Island, Nova Zelândia, e ganhou fama internacional em 2004, devido ao seu imenso casaco de lã.  A ovelha Shrek se tornou famosa depois de escapar e evadir-se dos tosquiadores por seis anos, escondendo-se em cavernas.

Ovelhas Merino geralmente são tosquiadas anualmente, mas Shrek conseguiu escapar da lâmina durante seis anos consecutivos. Quando foi finalmente capturado, a ovelha estava irreconhecível. “Parecia uma criatura bíblica“, disse John Perriam, dono do Shrek. Durante os seus dias de vida em cavernas, a lã do Shrek cresceu sem parar, pesando 27 kg, cerca de seis vezes a média de lã produzida por um carneiro da raça Merino. Shrek tinha lã suficiente para tricotar 20 blusas de lã no tamanho de um homem adulto.

Shrek, o carneiro fujão

A história de Shrek ganhou fama e no fim ele acabou sendo tosquiado ao vivo pela televisão da Nova Zelândia, e sua lã leiloada para arrecadar dinheiro para instituições de caridade para crianças. Shrek conheceu a então primeira ministra da Nova Zelândia, Helen Clark, e se tornou o assunto de livros infantis e apresentações de caridade. Dois anos e meio após o primeiro evento de TV, Shrek passou por outro tosquiamento ao vivo, desta vez em um iceberg flutuante fora da costa de Dunedin, Nova Zelândia. Shrek viveu por dezesseis anos e morreu em 2011.

Confira mais imagens de Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Shrek, o carneiro fujão

Fonte: 1

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 716 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Animais

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo/SC. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, um site sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como histórias inusitadas de pessoas, lendas, eventos e outros assuntos interessantes.

Veja mais em Animais

Globsters: quando monstros marinhos encalham nas praias

Magnus Mundi12 de fevereiro de 2019

Dindim, o pinguim que sempre retorna para quem o ajudou

Magnus Mundi10 de dezembro de 2018

Ant mill, as espirais da morte das formigas

Magnus Mundi8 de dezembro de 2018

O pântano de sangue da ilha de Ramree

Magnus Mundi6 de dezembro de 2018

Spirobranchus giganteus, o verme árvore de Natal

Magnus Mundi3 de dezembro de 2018

As cabras escaladoras do Marrocos

Magnus Mundi29 de novembro de 2018

Pirâmide de Ball, a maior ilha vulcânica do mundo

Magnus Mundi24 de novembro de 2018

Aula Museo Abejas del Valle, o museu das abelhas

Magnus Mundi22 de novembro de 2018

Fish wheels, roda de peixes para capturar salmões

Magnus Mundi20 de novembro de 2018

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up