Localizado perto da cidade de Osoyoos, na Colúmbia Britânica, o Spotted Lake ou Lago Manchado do Canadá atrai visitantes de todo o mundo. O lago tem uma concentração muito alta de numerosos minerais diferentes, como sulfato de magnésio, cálcio e sulfatos de sódio. Ele também contém concentrações extremamente altas de oito outros minerais e menores quantidades de prata e titânio.

A maior parte da água no lago evapora durante o verão, deixando para trás grandes manchas de minerais. Dependendo da composição mineral, os pontos na água serão de cor branca, amarelo pálido, verde ou azul. As manchas são feitas principalmente de sulfato de magnésio, que cristaliza no verão para formar “passarelas” naturais ao redor e entre as manchas. Durante a Primeira Guerra Mundial, os minerais do lago foram colhidos para a fabricação de munição. Dizia-se que os trabalhadores chineses haviam retirado cerca de uma tonelada por dia de sais da superfície do lago e os transportara para fábricas de munições ao leste do Canadá.

Conhecidos como Kliluk pelos nativos do vale Okanagan, o lago é um local sagrado e culturalmente significativo, cujo potencial para exploração comercial recentemente gerou muita controvérsia. A quantidade terapêutica das águas é conhecida há milênios – os índios nativos usavam a lama e as águas do lago para curar dores e doenças. De acordo com uma lenda, uma vez que duas tribos em guerra entrassem em trégua, ambas as partes tinham permissão para cuidar de seus feridos no lago manchado.

O lago foi originalmente propriedade da família Ernest Smith por cerca de quarenta anos. Em 1979, a família tentou montar um resort e spa no lago, os nativos tentaram comprar a região do lago para que pudessem manter o lago como um local sagrado. Depois de mais de vinte anos tentando, não conseguiram convencer os proprietários a vender a terra e finalmente entraram num acordo em outubro de 2001, quando os indígenas conseguiram comprar 22 hectares de terra por 720.000 dólares.

Os indígenas pagaram US$ 150.000, enquanto que o Departamento de Assuntos Indígenas pagou o restante. Hoje, há uma placa indicando aos visitantes que o lago é uma área cultural e ecologicamente sensível, e um lago de medicina tradicional para o povo de Okanagan Syilx. Mas se consegue ter uma boa visão do lago na rodovia que passa ao lado.

Fontes: 1 2 3

Postagens por esse mundo afora

Visualização desde 2014: 999 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Uma Resposta

Faça um comentário

Seu email não será publicado