Fortalezas

Uma torre medieval no meio de Frankfurt

Uma torre medieval no meio de Frankfurt

Localizada bem no meio do centro da cidade de Frankfurt na Alemanha, rodeada por modernos arranha-céus, uma torre do século 14, conhecida com Eschenheimer Turm chama a atenção. A torre fazia parte de uma fortificação medieval, composta de muralhas e mais sessenta torres que cercavam e defendiam a cidade. Em 1806 a 1812 as antigas muralhas da cidade foram substituídas por novas fortificações sob o comando do governo da Prússia, e Eschenheimer Turm, juntamente com outros portões históricos e torres, seriam demolidos.

A pedido do embaixador das forças de ocupação francesas, o conde d’Hédouville, Eschenheimer Turm, acabou sendo poupada e servindo como um monumento, e atualmente é um dos marcos mais famosos de Frankfurt. Além da torre Eschenheimer Turm (a mais famosa das sessenta torres que compunham a fortificação da cidade), apenas duas outras torres, também foram poupadas: Rententurm em Römerberg (principal praça da cidade) e Kuhhirtenturm.

A Frankfurter Altstadt (cidade velha) começou gradualmente a se expandir para além de suas fronteiras e assim o imperador romano Louis IV ordenou a construção da muralha a fim de proteger Frankfurter Neustadt (cidade nova) dos diversos perigos que ameaçavam a cidade naquela época. A fortificação da cidade nova começou em meados no século 14 e levou mais de cem anos para ser concluída. A pedra inaugural (angular) no portão da torre original foi colocada em outubro de 1349. Esse portão foi substituído pela torre que é conhecida atualmente entre 1426 e 1428.

A torre tem 47 metros de altura, com oito níveis e dois sótãos. A partir de uma base quadrada, a torre se ergue redonda e culmina em um pináculo íngreme, cercado por mais quatro pequenas torres laterais igualmente proporcionais e um parapeito saliente. No interior da torre, os ambientes eram os dormitórios dos guardas e permaneceu sendo utilizado como moradia até 1956.

A torre ainda tem uma grande parte intacta de sua configuração original, mas atualmente, adaptada para o ambiente urbano. Se localiza no meio de uma praça movimentada, chamada Eschenheimer Tor e entre 1963 a 1968, uma estação de metrô foi construída, com o túnel do metrô passado pelas fundações da torre. Durante décadas a torre era uma ilha de tráfego inacessível, só tendo acesso pela estação do metrô, e em 1992, tornou-se acessível pelos pedestres. O andar térreo foi reaproveitado como um bar e restaurante. Uma enorme sala com lareira, originalmente usada pelos guardas como refeitório e descanso, é usada em reuniões trimestrais da Association Freunde Frankfurts (Associação dos Amigos de Frankfurt).

Uma torre medieval no meio de Frankfurt

O bar no interior da torre Eschenheimer Turm | Crédito da foto

Uma torre medieval no meio de Frankfurt

O restaurante no interior da torre Eschenheimer Turm | Crédito da foto

Fontes: 1 2

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 684 vezes

Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fortalezas

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Veja mais em Fortalezas

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Magnus Mundi22 de março de 2019

Castelo de Čachtice, o castelo da condessa sanguinária

Magnus Mundi1 de dezembro de 2018

Heródio, a fortaleza do rei Herodes

Magnus Mundi11 de novembro de 2017

La Turritas, as antigas torres de Bolonha

Magnus Mundi3 de agosto de 2017

Diaolou, as torres fortificadas da China

Magnus Mundi13 de julho de 2017

Fort Alexander, a fortaleza da peste

Magnus Mundi8 de julho de 2016

Eski Kerman, a antiga cidade das cavernas

Magnus Mundi26 de maio de 2016

Tulous, os castelos chineses

Magnus Mundi6 de março de 2016

Blarney Stone, a pedra da eloquência

Magnus Mundi21 de janeiro de 2016

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up