Para comemorar o 10º aniversário do maior transatlântico do mundo,  o Queen Mary 2 e mostrar seu tamanho e grandeza, o capitão Kevin Opry posou ao lado de seu navio de forma inusitada.

Queen Mary 2 foi lançado em janeiro de 2004 e nomeado pela Rainha Isabel II, como homenagem ao RMS Queen Mary, lançado em 1936. Na época de seu lançamento, era o navio de passageiros mais longo, mais alto e mais largo da história. O Queen Mary 2 perdeu esses recordes após a construção do MS Freedom of the Seas, da Royal Caribbean International, em abril de 2006. Mesmo com alguns navios de cruzeiro sendo maiores, o Queen Mary 2 permanece o maior transatlântico já construído.

O capitão Kevin Opry e seu

Ele pesa 151,200 toneladas e acomoda 2.620 passageiros e 1.253 tripulantes. Durante os primeiros dez anos de operação, fez mais de 420 viagens, incluindo 200 travessias transatlânticas. O transatlântico fez uma viagem ao redor do mundo para comemorar o décimo aniversário do seu serviço, o ponto culminante da festa foi na chegada em Southampton, EUA, em maio de 2014.

As instalações do Queen Mary 2 incluem quinze bares e restaurantes, cinco piscinas, um cassino, um salão de bailes, um teatro e o primeiro planetário no mar. Ele também tem canis e um berçário. Em outubro de 2011, o Queen Mary 2 alterou seu porto de registro de Southampton, Inglaterra, para Hamilton, Bermudas, afim de permitir que cerimônias de casamento fossem realizadas abordo. Isso continuou a tradição de 171 anos de registros britânicos para os navios da Cunard Line, já que as Bermudas são territórios britânicos ultramarinos.

O capitão Kevin Opry e seu

Para o capitão Opry foi uma experiência inesquecível. “Durante a sessão de fotos, o comandante estava muito animado. Foi a primeira vez que esteve em cima do nariz do navio. Geralmente é doze andares acima, na ponte com a sua equipe que ele comanda o mega navio. Na cena, ele se sentiu muito só e isolado de tudo“- diz James Morgan, o fotógrafo que fez as fotos. Para fazer a série de fotografias, levou um bom tempo de planejamento e principalmente a parte da segurança ao capitão, uma vez que precisaram esperar o dia certo, quanto o mar estivesse calmo.

O capitão Kevin Opry e seu

A quilha do Queen Mary 2 onde o capitão fez as fotos foi construida em Julho de 2002, em Saint-Nazaire, França. Aproximadamente 3.000 homens gastaram oito milhões de horas de trabalho no navio, e um total de 20.000 pessoas seja direta ou indiretamente envolvidas em seu design, construção e acabamento. Foram soldados 300.000 pedaços de aço em 94 blocos que foram empilhados e então soldados para completar o casco e a super estrutura completada ao final da empreitada.

O capitão Kevin Opry e seu

O capitão Kevin Opry e seu

O capitão Kevin Opry e seu

RMS Queen Mary 2 ancorado em Sidney, Austrália

Fontes: 1 2

Artigo publicado originalmente em 12 de abril de 2015

“Suba a montanha não para fixar a sua bandeira, mas para abraçar o desafio, desfrutar do ar e usufruir da paisagem. Escale-a para que possa ver o mundo, não para que o mundo possa te ver”. – David McCullough Jr.

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1118 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Uma Resposta

  1. Jacinta

    Me surpreendeu, me encantou e me deixou frustrada por não estar a bordo desta maravilha! Amei o capitão! Elegante, tranquilo,trasmitiu muita segurança. Parabéns pelo vídeo!

    Responder

Faça um comentário

Seu email não será publicado