Estátuas

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Na mitologia celta, um kelpie ou cavalo aquático (each uisge em gaélico) são espíritos malévolos que habitam os córregos e rios escoceses e irlandeses. Eles normalmente assumem a forma de um cavalo robusto – às vezes dito ser preto (embora as vezes seja descrito com outras cores). Pode ser identificado por sua crina estar constantemente molhada e por conter algas. Sua pele é lisa e macia, como de uma foca, mas gelada como um cadáver.

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Em sua forma de cavalo, o ser mítico pode aparecer perto de rios e lagos para seduzir um viajante cansado que queira montá-lo e atravessar o rio. Também pode aparecer na forma de um pônei manso e convidar crianças a subir em seu lombo para uma volta. Uma vez montado, seu pelo mágico e pegajoso não deixará desmontar e arrastará as crianças para as profundezas, a fim de devorá-los. Nas lendas, também eram bem conhecidos por roubar garotas humanas para tomar como esposas, as quais nunca mais veriam suas famílias novamente.

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Conforme as lendas, os kelpies também podem usar seus poderes mágicos para invocar uma inundação e tem a força de dez cavalos normais. O som da cauda de um kelpie entrando na água é parecido com a de um trovão. E se você estiver passando perto de um rio e ouvir um lamento ou uivo sobrenatural, tome cuidado: pode ser um aviso de uma tempestade que se aproxima. Na Escócia e Irlanda a lenda da criatura aquática é tão levada a sério que anos atrás, pesquisadores percorreram diversos rios e lagos, atrás de provas do suposto ser mitológico, devido a centenas de relatos de pessoas que viram amigos ou parentes serem arrastados para dentro dos rios.

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Andy Scott segundo dois cavalos da raça Clydesdale, com sua obra nos fundos

O monumento The Kelpies

The Kelpies são duas enormes esculturas em forma de cabeças de cavalo da raça Clydesdale, feitos com armação de metal e revestidas com aço inoxidável, concluídas em outubro de 2013, na entrada do canal Forth and Clyde, no parque The Helix, Falkirk, na Escócia. As esculturas formam um portal na entrada leste do canal, e são consideradas a maior escultura de equinos do mundo.

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

As esculturas de 300 toneladas cada e cerca de 30 metros de altura foram criadas pelo artista Andy Scott de Glaslow, conhecido por suas notáveis obras de engenharia. Scott passou nove anos no projeto, na concepção e montagem das estátuas dos imponentes cavalos. As duas estruturas são iluminadas por dentro e por fora, o que gera um belo espetáculo durante a noite.

As estátuas representam a força e a linhagem dos cavalos utilizados no passado na economia escocesa, puxando as carroças, arados e barcaças nos canais do país, trabalhos esses que moldaram a região geograficamente e economicamente. Para Andy Scott, a localização das estátuas em Falkirk, berço da lenda kelpie e também sua cidade natal, bem como o passado industrial da Escócia, colaborou para que assumisse o projeto, sentindo-se privilegiado por poder contribuir com essa obra, que acabou se tornando um marco e fonte de orgulho nacional.

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

 Imagens da construção:

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Artigo publicado originalmente em 23/07/2015

Site oficial: www.thehelix.co.uk

Fontes: 1 2

Postagens pelo mundo:

Visualização: 1138 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estátuas

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Estátuas

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Victor Noir, uma estátua com uma ereção post mortem

Magnus Mundi23 de julho de 2017

Os gigantes esquecidos de Thomas Dambo

Magnus Mundi7 de maio de 2017

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Magnus Mundi30 de abril de 2017

Pequeno cão marrom, memorial contra o sofrimento dos animais

Magnus Mundi25 de março de 2017

Os menores monumentos do mundo

Magnus Mundi25 de janeiro de 2017

O grande Buda de Leshan

Magnus Mundi30 de dezembro de 2016

Tombili, o gato de Istambul que virou meme ganhou uma estátua

Magnus Mundi9 de outubro de 2016