Arte

O Homem das fadas

O Homem das fadas
wire-sculpture-by-fantaswire_000

As fadas de Cottingley de 1917

O escultor Robin Wight, conhecido no Reino Unido como o “Homem das fadas“, tem uma história incrível de como ele se inspirou a utilizar fadas em suas esculturas de arame.

Em seu site, primeiramente, ele conta a história que aconteceu em 1917, quando duas meninas da cidade de Cottingley, perto de Bradford, na Inglaterra, supostamente fotografaram fadas no jardim de sua casa e que virou notícia no mundo todo. Muitas pessoas importantes na época, afirmaram que as fotografias eram verdadeiras, inclusive Arthur Conan Doyle (criador de Sherlock Holmes). Anos depois as fotografias foram dados com falsas, montagens grosseiras feitas com papel recortado, mas a história continuou sendo contada como verdadeira, principalmente por pessoas que queriam acreditar naquilo.

wire-sculpture-by-fantaswire_001a

Foto tirada por Robin Wight, na floresta perto de sua casa. No detalhe, a imagem de uma fada, provavelmente efeito da luz do sol nas folhagens.

Com Robin Wight aconteceu algo similar, quando estava testando sua nova máquina digital, tirando fotos na floresta perto de sua casa, e mais tarde se surpreendeu com um minusculo detalhe que aparecia em uma delas. Ele acredita que seja um efeito da luz do sol por entre as folhagens, mas aquilo o inspirou a usar a ideia em suas esculturas. O interessante em sua obra é que cada fada tem uma pedra com alguma inscrição gravada no interior das esculturas para que sejam como se fossem o coração delas. Outro detalhe utilizado por ele, é fazer as esculturas como se estivessem flutuando no ar.

 

wire-sculpture-by-fantaswire_001

Robin Wight e uma de suas obras, como se estivesse flutuando.

wire-sculpture-by-fantaswire_038

wire-sculpture-by-fantaswire_039

wire-sculpture-by-fantaswire_002

wire-sculpture-by-fantaswire_003

wire-sculpture-by-fantaswire_0004

wire-sculpture-by-fantaswire_005

wire-sculpture-by-fantaswire_006

wire-sculpture-by-fantaswire_007

wire-sculpture-by-fantaswire_008

wire-sculpture-by-fantaswire_009

wire-sculpture-by-fantaswire_010

wire-sculpture-by-fantaswire_011

wire-sculpture-by-fantaswire_012

wire-sculpture-by-fantaswire_013

wire-sculpture-by-fantaswire_014

wire-sculpture-by-fantaswire_015

wire-sculpture-by-fantaswire_016

wire-sculpture-by-fantaswire_017

wire-sculpture-by-fantaswire_018

wire-sculpture-by-fantaswire_019

wire-sculpture-by-fantaswire_020

wire-sculpture-by-fantaswire_021

wire-sculpture-by-fantaswire_022

wire-sculpture-by-fantaswire_023

wire-sculpture-by-fantaswire_024

wire-sculpture-by-fantaswire_026

wire-sculpture-by-fantaswire_026a

wire-sculpture-by-fantaswire_027

wire-sculpture-by-fantaswire_028

wire-sculpture-by-fantaswire_029

wire-sculpture-by-fantaswire_030

wire-sculpture-by-fantaswire_031

wire-sculpture-by-fantaswire_032

wire-sculpture-by-fantaswire_032a

wire-sculpture-by-fantaswire_033

wire-sculpture-by-fantaswire_034

wire-sculpture-by-fantaswire_037

Fonte: 1  2

Postagens pelo mundo:

Visualização: 489 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arte

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Arte

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Magnus Mundi9 de março de 2018

Michelangelo e a Capela Sistina

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Os desenhos escondidos de Michelangelo

Magnus Mundi12 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Fordite, as joias feitas com tinta

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Victor Noir, uma estátua com uma ereção post mortem

Magnus Mundi23 de julho de 2017

Os gigantes esquecidos de Thomas Dambo

Magnus Mundi7 de maio de 2017