Muitas pessoas gostam de extravasar na hora de construir sua casa, uns fazem para se destacar das demais, para não serem mais do mesmo. Outros apenas sonham com uma ideia e a colocam em prática. Foi assim com um advogado inglês quando construiu sua casa em 1879, uma torre de 66 metros de altura chamada Sway Tower, ou torre Sway, usando apenas cascalho e cimento, e sem qualquer reforço.

Sway Tower, a estrutura mais alta do mundo sem nenhuma armação de ferro

Foto: VIP International Homes

A torre Sway, também conhecido como “Peterson’s Folly” (Loucura de Peterson) e “Peterson’s Tower“, fica nos arredores de Sway, uma vila perto de Lymington, Hampshire, na costa sul do Reino Unido. Visível a quilômetros de distância, a estreita torre retangular se projeta para o céu por mais de sessenta metros, com uma cúpula de cobertura.

Sway Tower, a estrutura mais alta do mundo sem nenhuma armação de ferro

Foto: VIP International Homes

Uma escada de 330 degraus em espiral alojada dentro de uma torre hexagonal separada, mas adjacente, permite que os visitantes acessem todos os quatorze andares, e cheguem até o topo.

A torre Sway é uma loucura da engenharia, um edifício sem propósito, que não albergou nada além de pombos por mais de cem anos, até cerca de 45 anos atrás quando foi convertido em uma casa residencial. A surpresa é – não há uma única peça de suporte de ferro em qualquer lugar em todo o edifício de concreto. A torre Sway foi o primeiro edifício no Reino Unido a ser feito de concreto não armado e também é a estrutura mais alta do mundo a ser construída em armação de ferro.

Sway Tower, a estrutura mais alta do mundo sem nenhuma armação de ferro

Foto: VIP International Homes

A torre Sway foi construída entre 1879 a 1885 pelo advogado e juiz Andrew Thomas Turton Peterson, após sua aposentadoria dos serviços judiciais na Suprema Corte de Calcutá. Enquanto estava na Índia, Andrew voltou-se para o espiritualismo e, após retornar ao Reino Unido, decidiu construir a torre. Tanto seu design, quanto o uso de concreto como material de construção foram influenciados quando Andrew passou na Índia. Ele também afirmou que foi guiado pelo espírito de Sir Christopher Wren na construção da torre.

Sway Tower, a estrutura mais alta do mundo sem nenhuma armação de ferro

Foto: VIP International Homes

Andrew Peterson era um bom homem e empregou apenas os desempregados para construir a torre, dando a cerca de quarenta pessoas trabalho durante um período de seis anos, de 1879 a 1885. Ele pagou um salário mínimo e também construiu casas para os pobres em sua propriedade. Ao todo a torre custou a ele cerca de £ 30.000 (aproximadamente 220 mil reais) – uma enorme soma de dinheiro na época.

Sway Tower, a estrutura mais alta do mundo sem nenhuma armação de ferro

Foto: VIP International Homes

A torre tem 66 metros de altura e 5,50 metros quadrado e repousa sobre uma base de 2,7 metros de profundidade. O concreto tem 60 centímetros de espessura na base da torre. A espessura das paredes de concreto diminui gradualmente à medida que a torre sobe para uma espessura final de 30 centímetros no topo.

Andrew queria instalar um luz no topo da torre. No entanto, isso não foi permitido pela Trinity House, órgão que controlam os faróis no Reino Unido, pois se acreditava que a luz iria confundir os navios que passassem pela costa. Ele tinha outro desejo – queria que a torre fosse seu lugar de descanso final. Assim, após sua morte em 1906, a torre Sway se tornou um mausoléu até 1957, quando seu corpo foi exumado e reenterrado no cemitério local ao lado do túmulo de sua esposa.

Em 1973, a torre foi comprada por Paul e Julio Atlas. Naquela época, era um prédio abandonado invadido por pombos. O sétimo andar estava cheio de sacos de areia da época em que era usado como defesa contra aeronaves inimigas. Paul Atlas limpou a torre e retirou quase 18 toneladas de entulhos, excrementos de pombos e areia e a converteu em um café.

Em 45 anos, o casal converteu a torre em vários negócios, de armazém a hotel, para finalmente se transformar na casa do casal, gastando ao longo dos anos, mais de um milhão de dólares. A torre já passou por ventos de furação e por doze vezes a torre foi atingida por raios, causando danos consideráveis à estrutura, até que foi instalado um para-raio na torre.

Em 2018, a Sway Tower foi colocada no mercado, inicialmente por £ 3,5 milhões, depois caiu para £ 1,6 milhão. Além do patrimônio histórica, a residência de 14 andares tem várias salas de estar, uma cozinha, quatro quartos (um em cada andar), ao lado dos quais estão localizados luxuosos banheiros e vestiários. O 14º andar é alugado ao serviço de emergência e para duas operadoras de telefonia móvel, que usam como centro de comunicação.

Na sala localizada ao lado da torre, em meados do século passado, foi construído uma piscina coberta de dezoito metros com água aquecida. Junto ao anexo, foi construído um campo de tênis, rodeado por jardins. Atualmente, a propriedade não está à venda, mas também faltam notícias sobre se Paul e Julie fizeram uma venda bem-sucedida.


Fontes: 1 2 3

Veja também:

A torre abandonada de Ecaterimburgo

Shot Tower, torres para produzir projéteis esféricos

Pilar de ferro de Déli, na Índia

Visualização: 51 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Faça um comentário

Seu email não será publicado