The Black House” (Baan Si Dum) ou também conhecida por Casa Negra ou Templo da Morte fica no norte da Tailândia, perto da cidade de Chiang Rai, e a apenas dois quilômetros do conhecido White Temple Wat Rong Khun (Templo Branco) que também fica na região. O templo consiste em quarenta construções onde a cor preta predomina e onde a morte é exibida em muitas formas. Não é um museu oficial, e nem cobram ingressos para visitar, e poucos turistas conseguem encontrar devido a dificuldade de sua localização. É um local que nem os tailandeses supersticiosos gostam de chegar perto.

The Black House, o templo da morte na Tailândia

Trata-se da casa, estúdio e museu do artista tailandês Thawan Duchanee, que durante anos dedicou sua vida a arte, refletindo profundamente a filosofia budista e colecionou os mais estranhos objetos, desde couro de crocodilos, cobras, conchas, crânios, chifres, esqueleto completo de um elefante e outros objetos bizarros. A área é imensa e quem visita se surpreende com os detalhes arquitetônicos e a quantidade de objetos acumulados. Alguns edifícios são abertos, mas a entrada ao seu interior é proibida.

The Black House, o templo da morte na Tailândia

Para os amantes de animais, a visitação é uma tortura, porque em todos os cantos terá algum bicho empalhado, como se fossem troféus. Em sites de turismos, alguns turistas comentaram sobre torturas de animais no lugar, como duas grandes cobras pythons presas em gaiolas desproporcionalmente pequenas ao tamanho dos animais no jardim. Muitos visitantes ficam confusos e acabam achando que o proprietário é um grande caçador e aquilo tudo é fruto de suas caçadas.

The Black House, o templo da morte na Tailândia

O artista Thawan Duchanee de 74 anos tem uma casa no local, mas tem residência fixa em Bangkok. Ele passou a maior parte da sua vida na Europa até se estabelecer definitivamente na Tailândia. O artista alega que o lugar não tem nenhum significado oculto ou religioso, mas a justificativa contrasta com a impressão que fica nos visitantes.

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

Armazém nas proximidades que vendem crânios, chifres e outros objetos bizarros

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

The Black House, o templo da morte na Tailândia

Aos fundos, casa do artista e proprietário de 74 anos

Fonte: 1 2

Publicado originalmente em 12 de abril de 2015

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização desde 2014: 1744 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Faça um comentário

Seu email não será publicado