Arte

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Damien Hirst

Damien Hirst


Verity” é uma estátua de 20,25 metros de altura feita de aço inoxidável e bronze com algumas partes em fibra de vidro, criada pelo artista plástico inglês Damien Hirst. A estátua foi erguida em 2012 no píer da cidade litorânea de Ilfracombe, North Devon, no Reino Unido. Ela foi emprestada para a cidade por 20 anos e o nome da obra significa ‘verdade’ e Demien Hirst descreve seu trabalho como “uma alegoria moderna da verdade e da justiça”. O artista mora na cidade e é dono de um restaurante local.

A estátua representa uma mulher grávida segurando no alto uma espada enquanto carrega na outra mão e escondida nas costas, uma balança, símbolo universal da justiça e está em pé sobre uma pilha de livros de direito. Uma parte da escultura mostra a anatomia interna da mulher grávida, com o feto claramente visível.

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Já a pele é representada como se tivesse sido rasgada, desde a perna até a cabeça, mostrando os músculos e o crânio. O artista diz que a postura da mulher com uma das pernas para frente foi uma referência a uma outra estátua de uma jovem bailarina, trabalho esse do artista Edgar Degas e de que ‘Verity’ é uma das três estátuas similares do artista, sendo as outras duas, também obras polêmicas. Uma delas,  a “Virgin Mother”, uma estátua de 33 metros de uma jovem mãe grávida, foi vendida para um empresário e está em Nova Iorque.

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

A estrutura é toda em aço inoxidável, já as partes em bronze, foram feitas em 40 moldes de areia pela empresa de fundição Editions Pangolin, de Gloucestershire, Reino Unido. A espada, é que dá a estátua muito de sua altura, e partes do braço esquerdo e a espada foram as únicas peças feitas com fibra de vidro reforçado e antes de a estátua ser liberada para ser erguida no local, foi submetido a testes em um túnel de vento para garantir que ela poderia suportar ventos fortes do local e as ondas do mar. O planejamento e confecção da estátua durou dois anos e pesa 25 toneladas e a altura total da estátua com a espada erguida é de 66 metros, e Verity acabou se tornando a estátua mais alta do Reino Unido.

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Sobre a polêmica em torno da estátua, os membros do Conselho de North Devon dizem que ela tem potencial para o turismo. Mas a reação dos moradores é muito diversificada, uns dizendo que iria “incentivar a gravidez na adolescência” ou que era “degradante para as mulheres” e muitas pessoas criticando a obra e chamando-a de ‘feia’, ‘horrível’, ‘apavorante’ e afirmando que não era adequada para uma cidade litorânea vitoriana. Mas o Conselho alegou que antes de a estátua ser erguida, receberam 100 cartas de pessoas que se opuseram à instalação da estátua, mas outras 177 cartas, davam apoio à sua instalação no píer da cidade.

Em agosto de 2013,  vereadores anunciaram que a estátua era um sucesso e tinha um “enorme efeito” para as pessoas que visitavam a cidade unicamente para ver o trabalho de Damien Hirst. Mike Edmunds, um dos vereadores comentou: “Nossa cidade é uma estância de férias, com muitas belezas naturais, mas isso não é mais suficiente nos dias de hoje. Muitos hotéis estão fechando as portas, então nós tinhamos que fazer algo que estimulasse a economia e visualizamos na arte de Damien, uma forma de incentivar os turistas.”

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

‘Virgin Mother’, outra escultura polêmica do artista Damien Hirst

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Verity, a estátua polêmica da mulher grávida

Texto publicado originalmente em 12/04/2015

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1179 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arte

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Arte

A arte biodegradável do suiço Saype

Magnus Mundi8 de setembro de 2018

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Magnus Mundi9 de março de 2018

Michelangelo e a Capela Sistina

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Os desenhos escondidos de Michelangelo

Magnus Mundi12 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Fordite, as joias feitas com tinta

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Victor Noir, uma estátua com uma ereção post mortem

Magnus Mundi23 de julho de 2017
Scroll Up