Histórias

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Costuma-se dizer que dinheiro não cresce em árvores! Mas você pode começar a duvidar desta expressão se olhar alguns troncos encontrados em certos lugares no Reino Unido. No remoto e bucólico povoado de Gwynedd, País de Gales, algumas árvores foram derrubadas e deixadas pelo caminho, para alargar uma estrada para a vila turística em estilo italiano de Portmeirion, que foi fundada em 1925 por Sir Clough Williams-Ellis e que levou 50 anos para ficar concluída. Meses depois, os troncos dessas árvores estavam cheios de moedas incrustadas pelos turistas, como uma espécie de oferenda, tradição muito comum no Reino Unido e conhecida como “Wish Tree“.

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish tree ou árvore do desejo, são comuns na Europa e usadas para deixar mensagens pedindo algum desejo penduradas nos galhos. No Reino Unido, em vez de mensagens, são usadas moedas que são marteladas nos troncos de árvores mortas e podem ser encontradas em diversas partes do país. Na floresta Peak District na Escócia, florins (moedas cunhadas na Inglaterra no século 16) foram encontrados incrustado em troncos e em Isle Maree, em Loch Maree, Inglaterra uma árvore Wish Tree de carvalho é famosa, porque a Rainha Victoria mencionou sua visita ao tronco incrustados de moedas em seu diário em 1877.

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Em 1700, o povo escocês, costumava martelar moedas em árvores como oferenda, na esperança que a natureza curasse suas doenças. Funcionando ou não, o costume foi se espalhando por diversos lugares até dominar algumas regiões do Reino Unido. Mesmo sendo peculiar, o costume faz parte de tantas outras superstições mundiais como de jogar moedas dentro de poços, rios ou lagos na esperança de atrair boa sorte. Antigamente acreditava-se que os espíritos viviam em árvores, e como oferenda, eram decoradas com doces e presentes. Essa tradição em várias formas ainda persistem até os dias de hoje, como no caso das decorações de árvores de natal.

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Diz a lenda escocesa de que cravar moedas nos troncos de árvores era uma forma de espantar maus espíritos e as doenças que eles poderiam trazer. A lenda também diz que se alguém retirar alguma moeda, o poder funciona de maneira inversa, ou seja, se alguém roubar uma moeda, o mau espírito e a doença que se desejava eliminar irão afetar o ladrão.

Na Escócia se dizia que se um jovem conseguisse pregar uma moeda no tronco da árvore com um único golpe, ele receberia um beijo de sua namorada. Atualmente isso pode parecer infantil demais, mas se pensarmos de que nos séculos passados, casais ficavam meses namorando sem se tocarem antes do casamento, está explicado de tantas moedas incrustadas nos troncos.

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Wish Tree, árvores do dinheiro do Reino Unido

Fonte: 1 2 3

Publicado originalmente em 01/05/2015

“Há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia.” – William Shakespeare

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 511 vezes

Deixe seu comentário! Faça nosso trabalho valer a pena!
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Histórias

Me chamo Julio Cesar e sou o idealizador do site Magnus Mundi, um espaço para compartilhar informações sobre lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora.

Veja mais em Histórias

Caranguejo Heike, um exemplo da evolução das espécies

Magnus Mundi30 de junho de 2017

A espada legendária na pedra de São Galgano

Magnus Mundi10 de maio de 2017

Mullá Nasrudin, a sabedoria engraçada de um mestre Sufi

Magnus Mundi6 de maio de 2017

A festa da marreta explosiva de San Juan de la Vega

Magnus Mundi19 de abril de 2017

Joshua Slocum, o capitão que navegou pelo mundo e não sabia nadar

Magnus Mundi8 de abril de 2017

Os dedos perdidos de Galileu

Magnus Mundi29 de março de 2017

Castelo Itter, lugar onde americanos e alemães lutaram como aliados

Magnus Mundi21 de março de 2017

Magic Bus, o farol da estupidez

Magnus Mundi24 de fevereiro de 2017

O milagre de Moisés na ilha de Jindo

Magnus Mundi4 de fevereiro de 2017