Inusitados

A solitária capela dentro do vulcão de Santa Margarida

A solitária capela dentro do vulcão de Santa Margarida

Santa Margarida é um vulcão freatomagmático (erupção vulcânica resultante da interação de magma com água) localizado na comarca espanhola de Garrotxa, na Catalunha. Cerca de 11.500 anos atrás, a crosta terrestre se abriu e despejou milhões  de toneladas de magma, que se acumularam em uma colina com um perímetro de dois quilômetros e uma altura de 682 metros, que faz parte do Parque Nacional da Zona Vulcânica de Garrotxa.

No topo desta colina formou-se uma ampla cratera circular, cujo superfície hoje é acarpetado por grossas ervas e arbustos, enquanto os flancos do vulcão são cobertos de azinheiras, uma árvore típica da região, que estão sempre verdes e compondo uma floresta densa. Em meio a isso, solitária no meio da cratera, ergue-se uma pequena eremida.

Por eremida, podemos entender ser tratar de uma pequena igreja ou capela, normalmente localizada fora das povoações ou em lugares isolados. Não se sabe muito sobre a capela de Santa Margarida, após o qual o vulcão foi nomeado, excedo que o edifício foi destruído durante o terremoto de 1428 na Catalunha, sugerindo que ela foi construída pela primeira vez pelo menos 600 anos atrás e também se sabe que o atual prédio foi reconstruído em 1865.

O campo vulcânico de Garrotxa (também conhecido como campo vulcânico de Olot) do qual Santa Margarida é uma parte, situa-se aproximadamente noventa quilômetros ao norte de Barcelona. O campo consiste de cerca de quarenta cones vulcânico, nenhum dos quais está ativo, com a última erupção ocorrendo há cerca de 11.000 anos. Ao contrário da maioria dos vulcões que surgem repetidamente, o campo de Garrotxa é um campo vulcânica monogenético, conde cada vulcão entra em erupção apenas uma vez. A região ainda é sismicamente ativa e ocasionais choques de terremotos são sentidos na região. O terremoto de 1428, foi excepcionalmente grande, causando danos a muitos edifícios e vinte mortes em Barcelona.

Fontes: 1 2

“A lei de ouro do comportamento é o respeito mútuo, já que nunca pensaremos todos da mesma maneira e que não vemos senão uma parte da verdade e sob ângulos diferentes”. – Mahatma Gandhi

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1670 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inusitados

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Inusitados

Os moinhos em cascata de Folón e Picón

Magnus Mundi22 de junho de 2018

Uma cidade canadense chamada Amianto

Magnus Mundi10 de junho de 2018

A ponte ferroviária El Infiernillo no Peru

Magnus Mundi9 de junho de 2018

As pilhas de ossos do cemitério Colon em Havana

Magnus Mundi7 de junho de 2018

Baldwin Street, considerada a rua mais inclinada do mundo

Magnus Mundi1 de junho de 2018

Ko Panyi, aldeia flutuante da Tailândia

Magnus Mundi26 de maio de 2018

Makhunik, a antiga aldeia dos anões

Magnus Mundi18 de maio de 2018

Santa Cruz del Islote, a ilha que mora gente demais

Magnus Mundi20 de abril de 2018

Jingshan, a menor montanha da China

Magnus Mundi16 de abril de 2018