Cidades

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis é uma vila medieval localizada na Argentina, com castelos, torres, ruas com paralelepípedos, moinhos e casas que se parecem com algo saído de um conto dos irmãos Grimm. Por incrível que pareça, a vila é ainda um belo pequeno mundo desconhecido para muitos moradores da região, pois até pouco tempo atrás, não era aberta ao público e só usada em casamentos e eventos especiais.

Os herdeiros do fundador da vila nem sabem ao certo a quantidade de objetos, quartos e ambientes que o lugar possui. Eles tem a posse de um molho com 836 chaves e esta mesma quantidade de lugares para descobrir. Acreditasse que foram ocupados 20 hectares dos 200 originais, que Antonio Campana, filho de imigrantes comprou em 1977, área essa com planícies e florestas virgens atravessadas por rios e riachos que a princípio Antonio queria usar para criar gado.

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Mas em 1980, essas terras foram desapropriadas e um grande aterro sanitário tomou conta do lugar e Antonio lutou na justiça até conseguir em 1985 às terras de volta, mas inutilizada para plantação ou criação, devido a instalação do aterro. Ele limpou o lixo acumulado na área que tinham sido depositado no local no decorrer de cinco anos e plantou mais de 10.000 árvores.

Dessa forma a vila foi erguida com material de demolição, peças antigas e sem contratar nenhum arquiteto, sendo o projeto inteiramente de Antonio. Ele começou a construção quando seu médico recomendou repouso absoluto por causa de sua delicada saúde e seu médico tinha lhe dado no máximo mais uns cinco ou seis anos de vida. No entanto, a construção da vila deu-lhe um objetivo de vida e Antonio acabou vivendo por 24 anos.

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Era um empresário de sucesso, mas não entendia nada de construção e só tinha estudado até a sexta série e simplesmente ia desenhando tudo o que lhe vinha na cabeça em qualquer pedaço de papel que encontrasse, até mesmo no pó sobre o capô de um carro e também começou a frequentar leilões de antiguidades atrás de peças antigas e vasculhar as empresas de desmontes procurando material reciclado e aos poucos, com muita imaginação foi construindo sua aldeia.

E tudo isso a cerca 30 quilômetros de Buenos Aires, na província de Gonzalez Catan, no meio de La Matanza, em uma das áreas mais pobres da região. Mas, além de criatividade ilimitada, o empresário argentino teve outro mérito: ele conseguiu resgatar algum dos patrimônios arquitetônico da Argentina do século 19 e início do século 20, e assim Campanópolis foi declarado um local de interesse cultural para o país.

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Quem conheceu Antonio desde o início de seu projeto, sabe que ele não tinha nenhuma intenção de transformar o lugar numa atração turística, era apenas um projeto pessoal, mas o destino tinha outros planos, pois Antonio morreu de câncer em 2008 sem completar seu sonho, e muitos das construções ficaram inacabadas e tudo aquilo ficou abandonado por um tempo. Oscar Campana, filho do fundador disse que, dado o tamanho da propriedade e sua proximidade com o aeroporto de Ezeiza, não descarta a possibilidade de transformar a aldeia num clube campestre.

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Antonio Campana, Fundador de Campanópolis

O início

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

O Legado

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Campanópolis, a vila medieval na Argentina

Site Oficial: www.campanopolis.com.br

Fonte: 1 2

Artigo publicado originalmente em 8/6/2015

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1753 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo/SC. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, um site sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como histórias inusitadas de pessoas, lendas, eventos e outros assuntos interessantes. Feito para as pessoas que gostam de saber mais sobre um determinado assunto que é tratado superficialmente por outros sites do gênero.

Veja mais em Cidades

Sunken Cemetery, na ilha de fogo

Magnus Mundi2 de janeiro de 2019

Craco, uma cidade italiana abandonada

Magnus Mundi30 de dezembro de 2018

Berlim, antes e o depois de uma cidade destruída

Magnus Mundi25 de dezembro de 2018

Cidadela de Erbil, a cidade de seis mil anos

Magnus Mundi18 de novembro de 2018

Corippo, a aldeia que se transformará em hotel

Magnus Mundi3 de outubro de 2018

Carmel, a cidade de contos de fadas

Magnus Mundi9 de setembro de 2018

Hallsands, a vila que desapareceu no mar

Magnus Mundi9 de julho de 2018

Uma cidade canadense chamada Amianto

Magnus Mundi10 de junho de 2018

Eredo de Sungbo, o maior monumento da África que nunca se ouviu falar

Magnus Mundi5 de junho de 2018

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up