Os quilômetros de praias de areia brancas que desaparecem em águas azul-turquesa tornam as praias de Fuerteventura de longe, as melhores das Ilhas Canárias, pertencentes a Espanha. A ilha de Fuerteventura também é a segunda maior do arquipélago. Fuerteventura é reconhecido pela União Internacional das Ciências Geológicas (IUGS) como um dos 150 melhores lugares do mundo para o estudo da geologia da Terra.

Fuerteventura esconde um grande segredo em cada uma das suas praias, falésias, vulcões e montanhas. Além do sol e da praias, esta ilha permite observar as rochas mais antigas das Ilhas Canárias, formadas no período Jurássico, bem como recompor episódios vulcânicos muito mais recentes. Qualquer uma das praias e dunas da ilha é um fenômeno geológico em si.

Sua areia é limpa e não deixa rastros, porque tem origem orgânica, isto é, ela é composta por milhões de fragmentos de conchas de organismos marinhos que se depositaram na costa, vindo do fundo do oceano arrastados pelas correntes e depois, com o vento e as ondas, formaram praias e dunas, como as de Corralejo e Jandia.

Esse processo se repetiu várias e várias vezes no decorrer dos milênios. Nas falésias da costa ocidental, surgiram praias antigas e dunas, formadas nos últimos cinco milhões de anos, quando o nível do mar era muito mais alto do que agora. Tais características, fazem das praias de Fuerteventura únicas no mundo, onde pequenos seixos se parece com deliciosas pipocas. Situado em frente a cidade de Corralejo, o trecho do litoral é conhecido como Popcorn Beach ou Popcorn Bay (praia ou baía da pipoca). Os seixos variam de tamanho – alguns parecem mesmo como pipocas, enquanto outros são maiores.

Fuerteventura e a praia da pipoca das Ilhas Canárias

Apesar da ilha de Fuerteventura ter mais de 150 praias, uma mais bela que a outra, foram as praias com seixos parecidos com pipoca que viralizaram nas redes sociais, principalmente no Instagram, trazendo muitos turistas para as Ilhas Canárias, atrás das famosas praias das pipocas. No passado, devido a falta de informação sobre a origem dos seixos branco em forma de pipoca, os guias diziam que eles eram trazidos pelo vento da costa da África.

Fuerteventura e a praia da pipoca das Ilhas Canárias

Fuerteventura e a praia da pipoca das Ilhas Canárias

Fuerteventura e a praia da pipoca das Ilhas Canárias

Parque Nacional das Dunas de Corralejo no norte da ilha | Crédito da foto

Fuerteventura e a praia da pipoca das Ilhas Canárias

Crédito da foto

Fontes: 1 2 3

Postagens por esse mundo afora

Visualização desde 2014: 1533 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Sobre o Autor

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Você pode gostar de ver isso

Faça um comentário

Seu email não será publicado