Casas

Yuebao House, a casa de porcelana

Yuebao House, a casa de porcelana

Enquanto muitos colecionam selos, moedas e outros objetos, Zhang Lianzhi, um empresário do ramo de restaurante, de Tianjin, China, gosta de guardar objetos de porcelana. Ele passou quatro anos decorando uma casa velha, com centenas de milhões de fragmentos de porcelana antigas e toneladas de cristais naturais. Hoje o prédio é conhecido como “Yuebao House”, Casa de Porcelana.

A Casa de Porcelana de Tianjin abriu as suas portas ao público no dia 2 de setembro de 2007, na rua Chifeng Street, em Heping. O antigo edifício de estilo francês tem uma história de mais de 100 anos. Ele foi originalmente a casa de um ministro das finanças entre 1912 e 1927, e mais tarde foi convertido em um banco, após a fundação da República Popular da China, em 1949.

casa_porcelana_Tianjin_02

Mas depois que o banco mudou sua localização, o belo edifício ficou abandonado por vários anos, até que o colecionador de porcelana Zhang Lianzhi comprou o local por 30 milhão de yuans (4 milhões de dólares). Ele então passou os quatro anos seguintes transformando-o em um edifício único, decorado com porcelana que datam do período Tang (618-907 a.C.) ao Qing (1644-1911). Agora, a Casa de Porcelana é o edifício mais atraente em Tianjin, e uma das mais populares atrações turísticas da cidade e listado entre os 10 museus mais deslumbrando do mundo.

Cobrindo uma área de 3.000 metros quadrados, a casa é decorada com 400 milhões de peças de porcelana antiga, 16 mil peças de louça chinesa antiga, 300 esculturas em mármore branco, e 20 toneladas de cristais naturais. Cerca de 80% da porcelana utilizada para cobrir a casa tem origem em peças antigas quebradas ou danificadas, mas o colecionador excêntrico mistura os diferentes fragmentos e cola-os nas paredes de modo a ocultar as partes com algum dano ou marcas. Na verdade, a maioria delas parecem intactas. O muro do pátio é coberto com cerca de 3.000 vasos de porcelana, e é chamado de “Ping’an Qiang”, que significa “muro do bem-estar”.

casa_porcelana_Tianjin_09

Zhang, um empresário de sucesso com interesse em arte e cultura, fez com que certos elementos da cultura chinesa possam ser vistas em cada cômodo de sua Casa de Porcelana. Talvez o mais impressionante sejam os quatro dragões chineses entrelaçados na parede exterior do edifício. Cada dragão tem mais de 200 metros de comprimento e é montado a partir de milhares peças de porcelana e no fim escreve a palavra China no telhado. Eles simbolizam o poder da China antiga e é uma das características mais dominantes na arquitetura chinesa. Mas, enquanto a porcelana que cobre o exterior do edifício brilha à luz do sol, captando a atenção dos transeuntes, na parte interior a porcelana só é usada para decorar a parte do teto, trilhos, colunas e as portas.

Zhang Lianzhi nasceu na família de um rico empresário em Tianjin e tem uma cadeia de restaurantes de estilo cantonês muito rentável. Nos últimos 20 anos, ele constantemente ampliou sua coleção de porcelana antiga. Uma das últimas novidades é um Land Rover funcional coberto com cerca de 10.000 peças de cerâmica antigas. Estima-se que vale em torno de 1 milhão de yuans (160 mil dólares). O empresário conta que a inspiração para fazer a casa veio de uma parede incrustada com peças de porcelana que decora um de seus restaurantes. Em 2002 durante um jantar entre ministros de economia da China e Europa, a parede virou uma atração a parte, sendo comentada no jantar de negócios entre os representantes dos governos de diversos países.

casa_porcelana_Tianjin_01

casa_porcelana_Tianjin_03

casa_porcelana_Tianjin_04

casa_porcelana_Tianjin_05

casa_porcelana_Tianjin_06

casa_porcelana_Tianjin_07

casa_porcelana_Tianjin_08

casa_porcelana_Tianjin_10

casa_porcelana_Tianjin_11

casa_porcelana_Tianjin_12

casa_porcelana_Tianjin_13

casa_porcelana_Tianjin_14

casa_porcelana_Tianjin_15

casa_porcelana_Tianjin_16

casa_porcelana_Tianjin_17

casa_porcelana_Tianjin_18

casa_porcelana_Tianjin_19

casa_porcelana_Tianjin_20

Fonte: 1 2 3

Postagens pelo mundo:

Visualização: 207 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Casas

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo/SC. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, um site sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como histórias inusitadas de pessoas, lendas, eventos e outros assuntos interessantes. Feito para as pessoas que gostam de saber mais sobre um determinado assunto que é tratado superficialmente por outros sites do gênero.

Veja mais em Casas

Crooked House of Windsor, a casa torta de Windsor

Magnus Mundi3 de novembro de 2018

Crazy House, a casa de contos de fadas

Magnus Mundi31 de outubro de 2018

Smith Mansion, a casa que matou seu dono

Magnus Mundi4 de outubro de 2018

Casa das Lápides, a casa inusitada da Virgínia

Magnus Mundi2 de julho de 2018

O ninho de Quetzalcoatl no México

Magnus Mundi23 de junho de 2018

Makhunik, a antiga aldeia dos anões

Magnus Mundi18 de maio de 2018

Seaweed House, as casas de algas da Ilha de Læsø

Magnus Mundi10 de fevereiro de 2018

Coconut Palace, o Palácio de Coco em Manila

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

A casa da abóbora de Kenova

Magnus Mundi31 de outubro de 2017

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up