O destilado Jack Daniel’s é unanimidade, muitos o consideram o melhor whisky já produzido no mundo, preferido de nove entre dez roqueiros, principalmente na geração mais furiosa do rock, é quase um símbolo de status e estilo rock’n’roll. Caminhou junto, fora dos holofotes nos bastidores, hotéis e bares enlouquecidos em todos os momentos que marcaram o velho chavão “sexo, drogas e rock’ n roll”.

Também pode se dizer tranquilamente que Jack Daniel’s é sinônimo de bom gosto para quem aprecia um bom destilado, porque somente um entendido no assunto vai saber reconhecer a diferença, de seu sabor e o prazer de seu efeito quando moderadamente apreciado. A História de Jack Daniel, seu criador sempre foi envolta em mistério e lenda. A indústria que ele fundou, ao longo dos anos se tornou uma marca mundialmente conhecida, ele começou tudo isso com apenas 13 anos de idade no interior dos Estados Unidos, sem recursos, mas com muita obstinação.

O começo de tudo em 1846

“Jack” sempre foi o apelido de Jasper Newton Daniel, nascido em Lynchburg no Tennessee em 5 de Setembro de 1846,o caçula entre uma família de 10 irmãos. O menino nunca chegou a ter uma convivência perfeita com sua família, sua mãe veio a falecer quando ainda era um bebê e seu pai casou-se novamente alguns anos depois, Jack nunca aceitou o gênio de sua madrasta, tornando-se um garoto problema para a família, o que fez com que aos 6 anos de idade passasse a morar na casa de seu tio.

Jack Daniel, histórias e lendas

Jack Daniel

Ainda garoto veio a conhecer a pessoa que mudaria os rumos de sua vida, o pastor Luterano Dan Call, Dan era proprietário de um armazém e também de uma pequena destilaria da qual Jack havia se encantado. Jack começou trabalhando com Dan em seu armazém, mas nunca escondia a vontade de trabalhar na destilaria de seu patrão, Dan acabou prometendo a Jack que ele poderia visitar a “casa” quando quisesse e que ainda lhe ensinaria como produzir o melhor whisky do mundo.

Quando a guerra chegou ao condado de Lincoln, nas colinas de Moore County, em 1861, Jack ainda tinha muito pouca idade para servir e seu patrão decidiu abrigá-lo de maneira mais segura como aprendiz em sua destilaria ensinando ao garoto o método “Sour Mash”(Mash significa a mistura de 70% de milho com trigo ou centeio e malte de cevada e Sour é processo de fermentação para assegurar a consistência de Ph) e aperfeiçoando o método exclusivo chamado de “processo de Lincoln County”.

Em 1863, o pastor acabou pressionado por sua esposa e toda sua congregação devido a seu envolvimento com a fabrica de um produto que produzia tantos males, o álcool e o colocaram na parede entre seguir seu caminho como fabricante ou continuar sendo ministro de sua congregação luterana, foi quando o pastor decidiu vender sua fabrica para seu aprendiz Jack Daniel, que tinha apenas 13 anos de idade na época.

Com a fabrica sob seu comando Jack logo descobriu que havia um local próximo de Lynchburg que oferecia as condições climáticas e naturais perfeitas para a fabricação de sua bebida, garantindo a ela uma qualidade ainda melhor, o local possuía uma caverna de pedras calcarias da qual vertiam água de uma pureza inquestionável e ele também levava em consideração tratar-se de terras abundantemente carregadas de arvores de frutas doces, para começar uma nova e mais arrojada etapa em seu negócio o local era perfeito.

A crise entre os estados americanos na época acabou sendo uma pedra no sapato de Jack Daniel, percebeu que o governo federal logo passaria a tributar seu produto se continuasse clandestinamente e com 16 anos, Jack acabou registrando a primeira destilaria dos Estados Unidos. A fórmula usada no feitio de Jack Daniel’s tornou a bebida cada vez mais apreciada, um processo baseado na lenta filtragem do whisky através do carvão produzido pela árvore de bordo de açúcar e naturalmente a água de nascente pura da fonte de calcário, um processo de fermentação natural e sem aditivos químicos.

Jack Daniel, histórias e lendas

Produção do carvão utilizados nos alambiques

Em 1904, Jack entrou com seu produto no festival de St Louis World competindo com as mais velhas e mais tradicionais marcas da Europa e acabou levando medalha de melhor whisky do mundo. Por volta de 1905, Jack chegou cedo ao trabalho um dia e tentou abrir o cofre de seu escritório. Ele não conseguia lembrar a combinação e então chutou o cofre com raiva. No golpe, quebrou um dedo e uma infecção se instalou. Ele acabou morrendo de envenenamento do sangue em 1911, seis anos após o infeliz chute.

Jack nunca se casou, quem herdou sua destilaria foi seu sobrinho Lem Motlow, a empresa continuou se expandindo e passada a seus filhos até ser vendida em 1956, mesmo assim a família Motlow ainda é proprietária da maioria da empresa e continua a operar dentro dela criando um grupo chamado Brown-forman corporation.

O Whisky

O Whisky Jack Daniel’s é classificado como Tennessee Whiskey por seu formato de destilação diferente, também chamado de Old No 7, não pode ser chamado de Bourbon por que os Bourbons são apenas os produzidos no estado de Kentucky sob um processo diferenciado. Muitos fatores tornam o sabor da bebida diferente a começar pela água isenta de ferro, o delicado processo de destilação, elaboração e amadurecimento somados ás condições climática do Tennessee que equilibram-se muito bem entre o inverno e o verão causando uma grande interação entre a bebida e o barril, o que lhe confere um sabor e cor mais amadeirado, não é um whisky que passa pelo processo de envelhecimento, mas sim de amadurecimento inteiramente ligado ao clima da região.

Jack Daniel, histórias e lendas

Esse amadurecimento ocorre em barris novos de carvalho branco virgem feitos à mão e utilizados de uma só vez, é a experimentação que atesta quando ele atingiu seu ponto máximo de qualidade, o sabor e a cor tradicional da bebida. O interior é carbonizado para caramelizar os açúcares naturais da madeira. O whisky maturado nestes cascos é profundamente suave, aromático e possui cor âmbar forte.

Jack comprou a destilaria no ano de 1860 com apenas 13 anos, levou adiante um processo de preparar a bebida por meio do carvão vegetal da árvore Maple, que levava muitos dias para adoçar o whisky, um processo que outras destilaria desistiam de fazer pela demora mas do qual insistiu em levar adiante. Com a ajuda de um primo, distribuía a bebida em carroças indo até o Alabama, vendendo-as principalmente aos homens que lutavam na famosa guerra entre estados americana. Jack foi inovador, sendo o primeiro a colocar um rótulo em sua garrafa, normalmente os outros tinham tampa de cortiça, foi também, o primeiro relato de publicidade feito por uma destilaria. No inicio trabalhou com a capacidade de produzir apenas oito barris por dia, porque se ultrapassasse essa cota o imposto seria maior.

A Destilaria

Durante a lei seca e já com a empresa sob a direção de seu sobrinho as coisas pioraram para ele, que transferiu os negócios para outras duas cidades, mas Lem Motlow não suportou a diferença que fazia não estar sob o local e as condições naturais de onde começou, com a água diferente o sabor alterava e ele era radical nesse ponto, com toda razão do mundo. Foi um período negro para Lem Motlow que teve de diversificar seus negócios entre a compra de propriedades e o comercio de mulas, retomou as atividades em 1938 até 1942, quando foi proibido de produzir em virtude da segunda guerra mundial.

Jack Daniel, histórias e lendas

Destilaria em Lynchbrurg, Tennessee

Em 1946 a proibição foi suspensa, mas surgiu uma nova lei, a de que a produção de destilados só pudesse utilizar grãos de milhos inferiores. Lem Motlow recusou-se a continuar produzindo até 1947, quando veio a falecer e deixou os negócios para os filhos, Reagor, Robert, Daniel e Connor. Os quatro irmãos tocaram a destilaria e aumentaram a produção sem perder a qualidade utilizando o slogan de Jack “Every Day we make it,well make it the Best we can”.

Na década de 1950, sofreram um baque muito grande devido a alta nas impostações das bebidas levando a empresa a uma situação ruim, em 1956 resolveram vender a empresa para a Brown- Forman company de Louisville que manteve a produção do Jack Daniel’s com a mesma qualidade e expandiram a marca para o mundo todo.

Lendas e Curiosidades:

Aniversário de Mr. Jack.

Um incêndio na cidade destruiu os registros do cartório, e um conflito de datas nas lápides de Jack Daniel e de sua mãe deixou em dúvida a sua data de nascimento. É costume comemorar o aniversário do Mr. Jack em setembro, assim ele ganha um mês inteiro de festas. E, de qualquer forma, para um homem tão especial quanto Jack Daniel, apenas um dia não seria suficiente.

Aprendizado

A destilaria agora está compartilhado uma parte da história de seu fundador que nunca foi contada antes, onde eles divulgavam que Jack Daniel aprendeu a destilar seu famoso whisky com o pastor Dan Call, a qual ele comprou a destilaria. Agora estão divulgando uma história diferente: Jack aprendeu a destilar com Neris Green, um escravo da propriedade de Dan Call. O papel crucial de Nearis no processo de criação de uísque foi referenciado na biografia de 1967, “O legado de Jack Daniel”, de Ben A. Green. No livro, Dan Call supostamente diz que seu escravo ensinou a Jack tudo o que ele sabia.

A arte de fazer whisky sempre foi historicamente considerada uma atividade apenas de caucasianos, mas a história obscura da escravidão sulista e do uísque estão totalmente interligadas. Escravos compunham a maior parte da força de trabalho de destilação e muitas vezes tinham papéis especializados cruciais no processo de criação do whisky. Os negros escravizados tinham suas próprias tradições na produção do álcool, tradições estas que podiam ser rastreadas até a África Ocidental.

Jack Daniel, histórias e lendas

Jack Daniel ao centro de chapéu branco e seus empregados. Um dos filhos de Nearis Green, está sentado a sua direita

O Cofre

Segundo a história, certa manhã, o Mr. Jack chegou cedo para trabalhar e tentou abrir o cofre no escritório.
Na verdade, ele não conseguia lembrar o segredo. Frustrado, deu um belo chute no cofre. Para valer. O golpe quebrou-lhe um dos dedos do pé, que infeccionou e resultou em uma septicemia que lhe tirou a vida em 1911.

Como ele nunca se casou nem teve filhos, doou a destilaria a um sobrinho dedicado, Lem Motlow. Algumas pessoas dizem que Jack Daniel não deixou apenas o Tennessee Whiskey como herança, mas também uma lição valiosa: não vá trabalhar tão cedo.

Jack Daniel, histórias e lendas

O Túmulo de Mr. Jack.

Embora ainda conosco em espírito, Jack Daniel faleceu em 1911. Ele foi enterrado no cemitério municipal de Lynchburg, e para encontrar seu túmulo, basta procurar as duas cadeiras ao lado da lápide. Dizem que as cadeiras foram postas ali para consolar o grande número de senhoras da cidade que lamentavam a sua morte, outros já dizem que é para as pessoas se sentarem e baterem um papo com Jack.

Jack Daniel, histórias e lendas

O Número 7

Jack Daniel, histórias e lendasNinguém sabe ao certo porque no rótulo do whisky está escrito Old No. 7 Brand. Muitos dizem que o número 7 significa que somente na sétima tentativa de misturas, Jack conseguiu chegar a fórmula de elaboração de seu uísque. Uma lenda conta que ele escreveu o número sete em 7 barris de uísque que acabaram perdidos, com o objetivo de identificá-los se caso isso acontecesse de fato.

Mas muitas outras histórias rodam o número 7, tais como: Que Jack Daniel teve 7 namoradas ou que a forma como ele escrevia o “J” do seu nome parecia um 7. Outros dizem que ele escolheu o número 7 simplesmente porque é o número da sorte. Só o Mr. Jack sabe o motivo verdadeiro. De qualquer modo, sorte a nossa ele ter criado Jack Daniel’s.

A Garrafa

Os colecionadores sempre perguntam por que o uísque JACK DANIEL’S, fabricado na pequena cidade de Lynchburg (com pouco mais de 400 habitantes), no estado americano do Tennessee, tem a garrafa quadrada. Em 1866, Jack Daniel engarrafou pela primeira vez o seu uísque em jarros de barro com rolhas de cortiça. Para diferenciá-lo, começou a imprimir seu nome nos recipientes. Em 1870, as garrafas de vidro estavam na moda. Jack seguiu a tendência e começou a fabricar suas próprias garrafas, modelo padrão, com linhas arredondadas e com o nome da destilaria em relevo no vidro.

Em 1895 um vendedor que trabalhava na empresa de vidro em Illinois, a Alton Glass Company mostrou um desenho novo e exclusivo de garrafa: quadrada com o gargalo afinado. Jack Daniel gostou do novo modelo e decidiu que seu uísque especial deveria ser vendido em uma garrafa diferente. Desde que foi apresentada, a mais de cem anos, a garrafa quadrada de JACK DANIEL’S virou um símbolo da marca.

Jack Daniel, histórias e lendas

Estátua de Jack Daniel em frente à nascente de água doce subterrânea utilizada na produção de seu whisky

Jack Daniel, histórias e lendas

Fontes: 1 2

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1077 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Faça um comentário

Seu email não será publicado