Arte

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

O Rio de Janeiro ganhou neste mês de novembro, uma estátua que representa “Jesus sem-teto”, um sem-teto deitado em um banco de praça com um cobertor fino sobre o corpo, do artista canadense Timothy Schmalz doado a Arquidiocese do Rio de Janeiro e ficará exposta na praça em frente à Catedral de São Sebastião, em alusão aos mais de 4,6 mil pessoas em situação de rua da capital fluminense, a imagem lembrará o Dia Mundial dos Pobres, dia 18 de novembro.

Desde 2013, o escultor canadense vem colocando a mesma estátua que retrata Jesus como um vagabundo dormindo sob um cobertor em um banco em cidades de todo o mundo. A estátua de bronze em tamanho natural parece ser anônima com o rosto e as mãos escondidos sob um cobertor, mas as feridas abertas em seus pés revelam que a pessoa ali representada é Jesus Cristo.

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

Estátua Jesus sem-teto instalada no Rio de Janeiro | Crédito da foto

Surpreendentemente, a estátua colocada na frente de muitas igrejas, geraram polêmica. Foi assim com uma delas instalada na Igreja Episcopal de St. Alban, no meio de um bairro chique em Davidson, na Carolina do Norte, onde uma mulher ligou para a polícia, dizendo que havia um vagabundo dormindo em frente a igreja. Ela confundiu a estátua com um mendigo de verdade. Outro escreveu uma carta se queixando da mesma ao editor de um jornal local, dizendo que a mesma o assustava-o. Muitos acharam que isso era um insulto ao filho de Deus. Algumas igrejas até se recusaram a ter a escultura instalada na frente de suas instituições.

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

Detalhe das feridas nos pés da estátua do Rio de Janeiro | Crédito da foto

O reverendo David Buck, da Igreja Episcopal de St. Alban, acha que a escultura dá autenticidade à sua igreja. “Esta é uma igreja relativamente rica, para ser honesto, e precisamos nos lembrar de que nossa fé se expressa na preocupação ativa com os marginalizados da sociedade.”, diz ele. “Acreditamos que esse era o tipo de vida que Jesus teve“, “Ele era, em essência, um sem-teto“, Buck completou. A estátua de Jesus sem-teto custou 22 mil dólares e foi comprada em memória da paroquiana Kate McIntyre, que amava arte pública. Foi a primeira estátua “Homeless Jesus” instalada nos Estados Unidos.

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

O padre David Buck, ao lado da estátua na Igreja Episcopal de St. Alban, Davidson, EUA | Crédito da foto

Já o artista Timothy Schmalz, um católico devoto de St. Jacobs, Ontário, diz que a inspiração para a escultura veio de um verdadeiro sem-teto que ele via dormindo em um banco de praça em Toronto. Timothy nomeou a estátua de Mateus 25, em referência a uma citação desse evangelho – “Em verdade vos digo que o que fizeste para um dos meus irmãos e irmãs menos importantes, você fez por mim”. Para o artista, a estátua é provocativa, “Isso é essencialmente o que a escultura está lá para fazer“, diz ele. “É para desafiar às pessoas”.

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

Estátua de Jesus sem-teto perto de Christ Church Cathedral, Dublin, Irlanda | Crédito da foto: Fabianodp / Shutterstock.com

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

Réplica da escultura “Jesus sem-teto” na Igreja da Ordem Dominicana e Convento Ciudad Colonial, Santo Domingo, República Dominicana | Crédito da foto

Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos

Em frente a Catedral de Madrid, Espanha | Crédito da foto: Kristof Lauwers / Shutterstock.com

Fontes: 1 2 3

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1549 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Ver Comentários (1)

1 Comentário

  1. Pingback: Jesus sem-teto, a estátua polêmica dos mendigos – Digitado

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arte

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo/SC. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, um site sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como histórias inusitadas de pessoas, lendas, eventos e outros assuntos interessantes. Feito para as pessoas que gostam de saber mais sobre um determinado assunto que é tratado superficialmente por outros sites do gênero.

Veja mais em Arte

Cadillac Ranch: A fazenda dos Cadillacs

Magnus Mundi15 de novembro de 2018

A arte biodegradável do suiço Saype

Magnus Mundi8 de setembro de 2018

Leão Oriental, a maior escultura de madeira do mundo

Magnus Mundi17 de março de 2018

The Kelpies, o monumento aos espíritos da água

Magnus Mundi9 de março de 2018

Michelangelo e a Capela Sistina

Magnus Mundi5 de fevereiro de 2018

Cristo Redentor, o símbolo do Brasil

Magnus Mundi12 de janeiro de 2018

Os desenhos escondidos de Michelangelo

Magnus Mundi12 de novembro de 2017

Colossos de Memnon, as estátuas que cantavam

Magnus Mundi13 de outubro de 2017

Fordite, as joias feitas com tinta

Magnus Mundi16 de setembro de 2017

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up