Exóticos

O palácio submerso de Jal Mahal

O palácio submerso de Jal Mahal

Jal Mahal, o palácio sobre as águas, foi construído em 1799 no meio do lago Man Sager, ao norte da cidade histórica de Jaipur, capital do estado de Rajastão na Índia. Apesar da edificação ser chamada de “Palácio da Água”, na realidade nunca foi um palácio. Jal Mahal serviu como um pavilhão de caça aos patos e festas de tiros para os marajás(reis) de Jaipur, depois ficou abandonado por muito tempo.

Jal_Mahal-001

O palácio, construído com arenito vermelho, é um edifício de cinco andares, dos quais quatro andares permanece sob a água quando o lago está cheio.  No passado, o palácio sofreu um afundamento em sua base e infiltrações de água nas paredes, devido aos alagamentos. No terraço há um jardim conhecido como “Chameli Bagh”, aberto ao público. A construção ainda abriga um museu, também aberto ao público para visitas.

Já o lago foi criado através da construção de uma barragem no rio Darbhawati, entre as colinas Khilagarh e as áreas montanhosas de Nahargarh, em 1596 devido a fome em virtude de uma grave seca que atingiu os moradores locais. A barragem inicialmente foi feita de terra e pedras e no século 17, convertida numa estrutura de concreto.

Jal_Mahal-01

Desde então, a barragem, o lago e o palácio passaram por várias rodadas de restauração sob vários governantes de Rajastão, mas a restauração definitiva no século 18 é creditada ao marajá Jai Singh II de Amer. Durante este período, uma série de outros locais históricos e religiosos, como o Amer Fort , Jaigarh , Nahargarh , Khilangarh Fort, e Kanak Vrindavan Valley, também foram construídos nas imediações.

O palácio e o lago foram arrendados por 99 anos a Navratan Kothari, um importante empresário indiano para desenvolver 100 os hectares ao longo do lago Man Sagar, incluindo o palácio. Nos últimos anos, sua empresa trabalhou na limpeza do lago e restauro do palácio e criou uma grande oportunidade de emprego para o povo da região. O empresário planeja construir hotéis ao redor do lago e torná-lo um destino turístico.

Jal_Mahal-002

A restauração do lago, onde dois milhões de toneladas de lodo tóxico foram dragados do fundo, aumentando a sua profundidade por mais de um metro é considerado o maior projeto ecológico da Índia. Um sistema de tratamento de água foi instalado, vegetação e peixes reintroduzidos e criados cinco ilhas artificiais para atrair aves migratórias.

Jal_Mahal-02

Jal_Mahal-003

Jal_Mahal-03

Jal_Mahal-03a

Jal_Mahal-04a

Jal_Mahal-04b

Vista do lago Man Sagar em época de seca

Jal_Mahal-05-sendo-restaurado-em-2008

Palácio sendo restaurado em novembro de 2007

Jal_Mahal-05-sendo-restaurado-em-2008-02

Palácio sendo restaurado em fevereiro de 2008

Jal_Mahal-06

Jal_Mahal-20

Vista de cidade de Jaipur do monte Nahargarth

Jal_Mahal-barragens

Vista da barragem

Fonte: 1 2

Visualização: 611 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Ver Comentários (2)

2 Comentários

  1. Ana Lucia Castro

    9 de fevereiro de 2016 às 18:19

    Vocês são maravilhosos e nos proporcionam conhecer lugares e cenários surreais.
    Fico fascinada com as postagens!!

    • Magnus Mundi

      11 de fevereiro de 2016 às 15:36

      Obrigado Ana Lucia pelo apoio! Queremos melhorar a cada dia, pois amamos o que fazemos!

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exóticos

Me chamo Julio Cesar, e moro no litoral de Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, que tem como objetivo descrever lugares curiosos, estranhos ou inóspitos, bem como lendas, eventos inusitados pelo mundo afora.

Veja mais em Exóticos

Carmel, a cidade de contos de fadas

Magnus Mundi9 de setembro de 2018

Skull Rock, a ilha da caveira da Austrália

Magnus Mundi1 de julho de 2018

Gocta, a catarata escondida do Peru

Magnus Mundi15 de junho de 2018

Ko Panyi, aldeia flutuante da Tailândia

Magnus Mundi26 de maio de 2018

El Totumo, diversão na lama vulcânica

Magnus Mundi25 de maio de 2018

Cardrona Bra Fence, curiosa cerca dos sutiãs

Magnus Mundi16 de abril de 2018

Santuário de Las Lajas, a igreja do abismo

Magnus Mundi23 de março de 2018

Ilhas Trobriand, as ilhas do amor do Oceano Pacífico

Magnus Mundi20 de março de 2018

Chimi Lhakhang, o templo dedicado ao pênis

Magnus Mundi18 de março de 2018