Exóticos

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Jal Mahal é uma edificação existente no meio do lago Man Sagar, ao norte da cidade histórica de Jaipur, capital do estado de Rajastão na Índia. Apesar da edificação ser chamada de “Palácio da Água“, na realidade nunca foi um palácio. Jal Mahal foi construído pelo marajá Sawai Jai Singh II e servia como casa de repouso ao marajá em suas expedições de caça pela região.

Com o aumento de água nas cercanias, a edificação começou a ser usado como um pavilhão de caça aos patos e área de festas para os marajás de Jaipur. Mais tarde foi entregue ao governo e logo se transformou em ruínas, ficando abandonado por mais de 200 anos.

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

O palácio construído com arenito vermelho em 1734 ao estilo arquitetônico Rajput e Mughal (comum no Rajastão), é um edifício de cinco andares, dos quais quatro andares permanecem debaixo d’água quando o lago está cheio. Originalmente, a área era uma depressão, e o nível da água não passava de um ou dois metros.

As fundações da edificação foram construídas pela suportar a água até uma certa altura, mas devido a construção de uma barragem, a água se acumulou na área, inundando os andares mais baixos de Jal Mahal. No decorrer dos anos, o edifício sofreu um afundamento em sua base, com a infiltração de água nas suas paredes de estuque não projetadas para estarem submersas.

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

No final do século 18, uma grave seca ocorreu no norte da Índia. A seca trouxe dificuldades aos moradores locais e ameaçou a vida frágil das pessoas que já viviam num ambiente inóspito. As monções eram a única coisa que trazia água fresca necessária para a sobrevivência.

O reservatório seria a única forma de preservar a água e desta forma, um imenso lago foi criado com a construção de uma barragem no rio Darbhawati em 1596, entre as colinas Khilagarh e as colinas de Nahargarh que fazem parte da cadeia montanhosa de Aravalli. A barragem inicialmente foi feita de terra e pedras e no século 17, convertida numa estrutura de concreto anos mais tarde.

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Desde então, a barragem, o lago e o palácio passaram por várias rodadas de restauração sob vários governantes de Rajastão, mas a restauração definitiva no século 18 é creditada ao marajá Jai Singh II de Amer. Durante este período, uma série de outros locais históricos e religiosos, como o Amer Fort, Jaigarh, Nahargarh, Khilangarh Fort, e Kanak Vrindavan Valley, também foram construídos nas imediações.

Em 2004, palácio e o lago foram arrendados por 99 anos a Navratan Kothari, um empresário indiano para desenvolver 100 hectares ao longo do lago Man Sagar, incluindo o palácio. Nos últimos anos, sua empresa trabalhou na limpeza do lago e no restauro do palácio, criando assim uma grande oportunidade de emprego para o povo da região. Para o futuro, o empresário planeja construir alguns hotéis ao redor de Jal Mahal e torná-lo um destino turístico turístico.

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Na restauração do lago, dois milhões de toneladas de lodo tóxico foram dragados do fundo, aumentando a sua profundidade por mais de um metro, sendo considerado o maior projeto ecológico da Índia. Um sistema de tratamento de água foi instalado, vegetação e peixes reintroduzidos e criados cinco ilhas artificiais para atrair aves migratórias.

Das pinturas a mão bem preservadas que preenchem todos os salões e salas até as escadas e o terraço de design belíssimo no telhado, o palácio de Jal Mahal é definitivamente uma das maiores criações indianas que permaneceu bem preservada até os dias atuais. No terraço há um jardim conhecido como “Chameli Bagh” e a construção ainda abriga um museu, ambos aberto ao público para visitas.

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Vista do lago, do palácio com a barragem aos fundos

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Jardim no terraço chamado Chameli Bagh

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Vista do lago Man Sagar em época de seca

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Palácio sendo restaurado em fevereiro de 2008

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Palácio sendo restaurado em novembro de 2007

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Artigo publicado originalmente em abril de 2015

Fonte: 1 2 3

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1019 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Ver Comentários (2)

2 Comentários

  1. Ana Lucia Castro

    9 de fevereiro de 2016 às 18:19

    Vocês são maravilhosos e nos proporcionam conhecer lugares e cenários surreais.
    Fico fascinada com as postagens!!

    • Magnus Mundi

      11 de fevereiro de 2016 às 15:36

      Obrigado Ana Lucia pelo apoio! Queremos melhorar a cada dia, pois amamos o que fazemos!

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exóticos

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Veja mais em Exóticos

A cratera de Al Wahaba na Arábia Saudita

Magnus Mundi10 de agosto de 2019

Ponte De Le Tette, a Ponte dos Seios de Veneza

Magnus Mundi6 de agosto de 2019

Scheendijk, as ilhas estreitas em Loosdrecht, na Holanda

Magnus Mundi23 de julho de 2019

Passadiços do Paiva, uma caminhada pela natureza

Magnus Mundi11 de julho de 2019

McGuire Irish Pub, o pub irlandês de um milhão de dólares

Magnus Mundi1 de junho de 2019

Salar de Uyuni, o grande deserto de sal

Magnus Mundi2 de maio de 2019

Cuexcomate, o umbigo do diabo

Magnus Mundi30 de abril de 2019

Desierto Florido, a floração no deserto do Atacama

Magnus Mundi16 de abril de 2019

La Geria, os vinhedos inusitados de Lanzarote

Magnus Mundi12 de abril de 2019

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up