Inusitados

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, é uma estrutura toda em madeira teca sendo construído na Tailândia e conhecido pelos moradores locais como Prasath Satya-thaam ou Wang Boran. O edifício tem cerca de 105 metros de altura, o que equivale a um edifício de 20 andares, numa área de 32 hectares, sem uso de pregos. Tanto a parte interna como a externa, são repletas de esculturas baseadas em temas religiosos tradicionais do Oriente, com motivos budistas e hindus, mostrando o pensamento e a alma da cultura oriental, uma imagem entre o homem, o universo e o sagrado. Cada centímetro quadrado do edifício é coberto com madeira entalhada.

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Essa imensa estrutura é uma espécie de tributo a “Visão da Antiga Terra”, ao “Conhecimento Antigo” e a Filosofia Oriental”. O edifício parece um templo tailandês ou um palácio, mas na verdade, não é nenhum dos dois. Alguns pessoas o consideram como um monumento ao artesãos tailandeses e é reconhecido como o mais alto edifício de madeira do mundo. Sendo um lugar de várias religiões, o santuário é dividido em quatro partes, cada uma das quais é dedicado às tradições religiosas, filosóficas e culturais da Tailândia, Índia, China e Camboja.

O santuário está localizado no Cabo Rachvate, uma península na província de Chon Buri, litoral norte de Pattaya. O estilo do templo evoca a antiga arquitetura Khmer, a mesma que pode ser vista em Angkor Wat. Khmers são um grupo étnico majoritário que compõem hoje o Camboja, que no passado consolidou um império capaz de dominar, em seu apogeu, do século 9 a 12, a maior parte da Indochina.

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

O santuário da Verdade foi criado por Lek Viriyaphant (1914-2000), também conhecido como “Khun Lek”, um bilionário excêntrico que queria mostrar às pessoas o rico patrimônio arquitetônico e cultural da Tailândia. A construção iniciou-se em 1981, depois de anos de pesquisa sobre a arquitetura tradicional tailandesa. Ele o batizou de Sanctuary of Truth e insistiu que fosse construído quase exclusivamente em madeira de teca. E esta é precisamente a razão pela qual a construção está se arrastando ao longo dos anos, e com previsão para ser concluída em 2025.

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Antes mesmo de estar concluído, a madeira exterior está se deteriorando. São mais de 250 artesãos que se revezaram no trabalho de criação e restauro dentro e fora do templo. Seu criador, Khun Lek, morreu em 2000, 19 anos depois da iniciação da construção do santuário, mas deixou instruções especificas que o trabalho continue de acordo com seu plano original. A madeira teca é importada de países vizinhos, como a Malásia, Laos e Camboja, sendo um material valioso de tom marrom-avermelhado e extremamente durável.

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Cada parte das quatros crenças que inspiram sua construção, consegue impressionar através da beleza dos desenhos e a atenção aos detalhes, e é fácil de perder a noção do tempo olhando para todos esses elementos, tentando se convencer de que eles foram de fato esculpidos a mão. Os folhetos distribuídos no templo, falam de “compreensão da vida antiga, “relação de vida com o universo” e “objetivos comuns da vida em direção à utopia“, que é um pouco demais ao turista ocidental, que se concentra em apenas apreciar a beleza da construção.

O conjunto arquitetônico do Santuário da Verdade é construído na forma de uma cruz, com uma torre central. Telhados são colocados em quatro naves, que são orientadas para os quatro pontos cardeais. No topo da torre central, está a estátua equestre de Kalki, o décimo e último avatar de Vishnu. As quatros torres restantes, uma em cada nave, representam os quatro elementos: Terra, Água, Ar e Fogo.

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Na ala sul é dominado por divindades Khmer, representando episódios da vida de Krishna. Nesta ala, há estátuas de deuses representando os sete corpos celestiais, que deu o nome aos dias da semana (em sânscrito): Lua, Marte, Mercúrio, Júpiter, Vênus, Saturno e do Sol. A ala oeste é reservado a Brahma, Deus da religião hindu, considerado o criador do universo, dos deuses e do conhecimento, e também a Erawan, um elefante de três cabeças que carregou Indra, o rei dos deuses. A arquitetura desta ala é uma reminiscência dos templos hindus, enquanto a ala norte é decorado com estátuas e motivos típicos chineses, em destaque Bodhisattva, o misericordioso, que atingiu a iluminação e virou o quinto Buddha da Era Bhadhra (atual).

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

O Santuário foi concebido a partir da visão de que a civilização foi construída e monitorada pela verdade religiosa e filosófica. Foi construído não pela arrogância e egoísmo, e sim pela bondade tirada da religião, filosofia e arte. O homem não pode nascer e existir sem seus sete criadores, ou seja, o Santuário da Verdade representa os sete criadores através de esculturas de madeira talhadas que adornam seu interior e exterior, que são: Céu, Terra, Pai, Mãe, Sol, Lua e Estrelas.

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Santuário da Verdade, o templo de madeira da Tailândia

Site Oficial: www.sanctuaryoftruth.com

Fontes: 1 2

“Há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que sonha a nossa vã filosofia.” – William Shakespeare

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 1606 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Este site é um projeto de um homem só, desenvolvido durante seu tempo livre, por favor, deixe um comentário do que achou do artigo. Ele será muito importante e também estou aberto a críticas construtivas.
Ver Comentários (2)

2 Comentários

  1. Cris Bellotto

    8 de julho de 2018 às 16:01

    Lugar MARAVILHOSO! Tive a oportunidade de conhecer e AMEI! Reportagem muito bem feita, parabéns!!

    • Magnus Mundi

      6 de dezembro de 2018 às 23:49

      Que bom Cris que tivesse essa oportunidade de ver ao vivo e a cores!

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inusitados

Curioso desde sempre, queria um lugar para guardar às curiosidades de lugares e histórias inusitadas que lia em livros ou pela internet e assim nasceu o site Magnus Mundi em 2015. Me chamo Julio Cesar, sou natural de Blumenau e morador de Porto Belo, litoral de Santa Catarina.

Veja mais em Inusitados

Os bunkers do Dia do Juízo Final em Dakota do Sul

Magnus Mundi11 de agosto de 2019

McGuire Irish Pub, o pub irlandês de um milhão de dólares

Magnus Mundi1 de junho de 2019

Triora, a terra das bruxas na Itália

Magnus Mundi25 de maio de 2019

O relógio ao contrário da Bolívia

Magnus Mundi24 de fevereiro de 2019

Fadiouth, a ilha feita de conchas

Magnus Mundi21 de fevereiro de 2019

Stepwells, os poços em degraus da Índia

Magnus Mundi6 de janeiro de 2019

Cadillac Ranch: A fazenda dos Cadillacs

Magnus Mundi15 de novembro de 2018

Crazy House, a casa de contos de fadas

Magnus Mundi31 de outubro de 2018

Casa das Lápides, a casa inusitada da Virgínia

Magnus Mundi2 de julho de 2018

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up