Arquitetura

Krusrak, a curiosa ponte de madeira da Holanda

Krusrak, a curiosa ponte de madeira da Holanda

A cidade de Sneek, na Holanda em 2008 pensou em algo exclusivo para um viaduto sobre a rodovia Rijksweg 7 (A7) no bairro de Akkerwinde, indo contra os métodos tradicionais de construção, decidindo usar madeira no viaduto. Normalmente, pontes rodoviárias são feitos de concreto ou aço, porque a madeira simplesmente não é forte o suficiente para suportar o peso de carros e caminhões. Um projeto exclusivo foi feito ao escritórios de arquitetura OAK Architecten, para que o viaduto tivesse algo que representasse o país, daí que surgiu a ideia da ponte Krusrak se parecer com uma cesta de piqueniques, muito utilizada na Holanda.

A curiosa ponte de madeira da Holanda

Os arcos de madeira foram construídos na Alemanha pela empresa Swäbisch Hall, especializada em pontes de madeira. A ponte tem 32 metros de comprimento por 12 de largura, com altura de cinco metros da rodovia e foram usadas blocos laminados, feitos com madeira Accoya vindo das florestas da Nova Zelândia. Madeira essa que passa por um processo, em que a madeira absorve menos umidade e que garante maior durabilidade. O fabricante dá 80 anos de garantia para a durabilidade desta madeira.

A curiosa ponte de madeira da Holanda

Para suportar o trafego pesado, foi utilizado uma plataforma de aço com a capacidade de suportar mais de 60 toneladas e foram usadas 690 metros cúbicos de madeira, ficando a ponte com o peso total de 360.000 quilos. Foi a primeira ponte de madeira do mundo adequada para qualquer tipo de tráfego, incluindo carga pesada. Outra igual a essa foi construída em Molenkrite.

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

A curiosa ponte de madeira da Holanda

Fonte: 1 2

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 961 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado
Ver Comentários (1)

1 Comentário

  1. Humberto

    20 de janeiro de 2018 às 10:51

    Incrível esta ponte.

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquitetura

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Arquitetura

Como uma ponte de Londres foi parar na América

Magnus Mundi12 de outubro de 2018

Smith Mansion, a casa que matou seu dono

Magnus Mundi4 de outubro de 2018

Casa das Lápides, a casa inusitada da Virgínia

Magnus Mundi2 de julho de 2018

O ninho de Quetzalcoatl no México

Magnus Mundi23 de junho de 2018

Os moinhos em cascata de Folón e Picón

Magnus Mundi22 de junho de 2018

Makhunik, a antiga aldeia dos anões

Magnus Mundi18 de maio de 2018

Wat Phra Dhammakaya, o impressionante templo budista da Tailândia

Magnus Mundi11 de abril de 2018

Ilhas Astronautas, as ilhas camufladas da Califórnia

Magnus Mundi4 de abril de 2018

Sentinelas da Bretanha

Magnus Mundi31 de março de 2018
Scroll Up