Antigas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

“Les Eyzies de Taynac” é uma pequena cidade da comunidade de Dordogne, no sudoeste da França, que a primeira vista parece estar sendo esmagada por uma imensa rocha. A região está repleta de inúmeras grutas, cavernas e habitações rupestres, cuja história remonta a mais de 28000 anos. Até o início de 1900 Les Eyzies de Tayac era simplesmente conhecida como “Tayac” e uma das vilas mais antigas na região de Dordogne.

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

As cavernas pré-históricas ao redor de Les Eyzies de Tayac contém alguns dos achados arqueológicos mais significativos do paleolítico superior (de cerca de 40000 a 10000 anos atrás) e paleolítico médio (200000 a 40000 anos atrás), períodos que incluem, além de esqueletos, ferramentas, pingentes e joias e desenhos em paredes. A área é visitada por milhares de turistas todos os anos. As cavernas Eyzies-de-Tayac estão entre uma série de grutas na região, que foram tombadas como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1979.

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

Durante o séculos 8 e 9 a vila provavelmente era bastante povoada, como mostram as numerosas habitações escavadas na pedra e a presença de edifícios fortificados contra os invasores vikings. As falésias estão cheias de postos de observação e câmaras artificiais cortadas nas pedras.

Há dezenas de cavernas e grutas para visitar em Les Eyzies, incluindo numerosas fortalezas medievais construídos nas rochas, uma igreja fortificada e muitos museus. Les Eyzies contém cerca de 150 sítios pré-históricos que datam do paleolítico e cerca de 25 cavernas com as paredes decoradas com pinturas pré históricas.

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

O “Grotte de Font-de-Gaume”, uma gruta nos arredores de Les Eyzies, tem mais de 200 pinturas e gravuras de bisões, cavalos, mamutes e renas, bem como algumas figuras humanas estilizadas. As pinturas multi-coloridas datam da era Magdelenian, cerca de 17.000 anos atrás. O abrigo de “Laugerie Basse” é outro abrigo de pedra que foi ocupado mais de 17.000 anos atrás. Sabe-se que um grande número de ferramentas e artefatos foram descobertos no local, incluindo uma escultura de um cavalo e outro de uma figura feminina.

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

Também há o abrigo de Cro-Magnon, onde em 1868 na construção de uma estrada de ferro, foi descoberto um abrigo na rocha em um penhasco de calcário e ao ser escavado, revelou os restos de quatro esqueletos adultos, uma criança e alguns ossos fragmentados. O estado e a colocação de enfeites, incluindo pedaços de concha e dente de animais no que parece ter sido pingentes ou colares, levou os pesquisadores a pensar que os esqueletos foram intencionalmente enterrado em uma única sepultura no abrigo.

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

Abrigo de Cro-Magnon

Os Cro-Magnons foram uma população primitiva de Homo sapiens, seres humanos que viveram no período paleolítico superior (de aproximadamente 40 mil até cerca de 10 mil anos atrás) na Europa. Ainda é difícil precisar onde os cro-magnons se situam na escala da recente evolução humana, mas eles tinham uma cultura que produziu uma variedade de ferramentas sofisticadas, como arpões, anzóis, lanças, cinzéis e ferramentas feitas de ossos. Aparentemente, eles também faziam utensílios para alisar e raspar couro.

O abrigo do Cro-Magnon e vários outros locais, no entanto, foram fechados ao público para a preservação histórica.

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

A pequena cidade de Les Eyzies de Taynac e suas cavernas

Fonte: 1 2

“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 516 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Antigas

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo/SC. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, um site sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como histórias inusitadas de pessoas, lendas, eventos e outros assuntos interessantes. Feito para as pessoas que gostam de saber mais sobre um determinado assunto que é tratado superficialmente por outros sites do gênero.

Veja mais em Antigas

Cidadela de Erbil, a cidade de seis mil anos

Magnus Mundi18 de novembro de 2018

Corippo, a aldeia que se transformará em hotel

Magnus Mundi3 de outubro de 2018

Hallsands, a vila que desapareceu no mar

Magnus Mundi9 de julho de 2018

Eredo de Sungbo, o maior monumento da África que nunca se ouviu falar

Magnus Mundi5 de junho de 2018

Heródio, a fortaleza do rei Herodes

Magnus Mundi11 de novembro de 2017

Os curtumes de couro de Fez no Marrocos

Magnus Mundi6 de novembro de 2017

Herculano, a cidade menos conhecida de uma tragédia

Magnus Mundi20 de setembro de 2017

Kandovan, uma troglodita vila iraniana

Magnus Mundi21 de agosto de 2017

Xian Ming Wall, às muralhas de Xian

Magnus Mundi8 de abril de 2017

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up