Arquitetura

Kayabuki no Sato, a pequena vila e seu sistema anti-incêndio

Kayabuki no Sato, a pequena vila e seu sistema anti-incêndio

Kayabuki no Sato, é uma pequena vila na área rural de Miyama, a trinta quilômetros ao norte da cidade de Kyoto, no Japão e é famosa por suas quarenta antigas casas com telhado de palha encostado as montanhas e com um sistema contra incêndio que a transforma duas vezes por ano, em um gigantesco chafariz.

Conhecida como Miyama Thatched Village, Kayabuki no Sato, tem mais casas com telhado de palha, do que qualquer outro lugar do Japão. Tais telhados confere uma aura nostálgica à área, e oferece aos visitantes uma chance de vivenciar a sensação tradicional e autêntica do Japão rural, pois apesar do asfalto, das torres de energia elétrica que passam próximas, a vidas das pessoas não mudou muito desde os tempos dos xoguns e samurais.

Isso tornou a vila muito popular entre os turistas, que gostam de passear pela aldeia, visitar o museu Sato Folk Museum, que é uma antiga residência tradicional e que exibe ferramentas e utensílios domésticos de décadas passadas, assim como algumas informações sobre a construção e manutenção dos telhados de palha. Como a maioria desses turistas querem até mesmo, passar uma noite em uma dessas casas tradicionais, a segurança do lugar tinha que ser melhorada, pois os telhados são muito vulneráveis ao fogo.

No ano de 2.000, algumas das casas se incendiaram, queimando inclusive o centro administrativo da vila. As autoridades além de pedirem que os moradores estejam atentos a eventuais focos de incêndio em todos os momentos, eles decidiram instalar um sistema de aspersão (sprinklers) especial de água que cobrisse todo o povoado. Duas vezes por ano, o sistema é ligado para testes, geralmente em maio e em dezembro, e as pessoas vem de todo o Japão, para ver os poderosos sprinklers em ação, que transforma o povoado em um imenso chafariz.

Esses equipamentos espalhadas por uma aldeia tradicional japonesa, não seria algo muito bom para que os turistas vissem. Desta forma, os governantes locais decidiram mantes a aparência pitoresca de Kayabuki no Sato, ocultando os sessenta e dois sprinklers de metal em pequenas casas de madeira, parecidas com as residências dos moradores. Quando o sistema é ligado, os telhados dos pequenos depósitos se abrem, de onde os aspersores em seu interior entram em ação, disparando um potente jato de água para o céu, sobre os telhados de palha das casas.

O teste bi-anual do sistema de aspersão se tornou um evento tão espetacular, atraindo muitos visitante, que ganhou até um nome Kayabuki no Sato Water Hose Festival. Se transformar toda a aldeia num enorme chafariz não bastasse, em dias de sol, os sprinklers também criam arco-íris sobre a vila.

Fontes: 1 2

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 108 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Arquitetura

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Veja mais em Arquitetura

Os guardiões dos mares brasileiros

Magnus Mundi2 de junho de 2019

McGuire Irish Pub, o pub irlandês de um milhão de dólares

Magnus Mundi1 de junho de 2019

Triora, a terra das bruxas na Itália

Magnus Mundi25 de maio de 2019

Cragside, a primeira casa do mundo a ter energia elétrica

Magnus Mundi7 de abril de 2019

Jal Mahal, o palácio da água da Índia

Magnus Mundi22 de março de 2019

O relógio ao contrário da Bolívia

Magnus Mundi24 de fevereiro de 2019

As janelas de bruxa de Vermont

Magnus Mundi23 de fevereiro de 2019

Fadiouth, a ilha feita de conchas

Magnus Mundi21 de fevereiro de 2019

Burj Al Babas, a cidade dos castelos abandonados

Magnus Mundi27 de janeiro de 2019

Magnus Mundi é uma revista digital que tem seu conteúdo voltado para lugares, eventos, artes e histórias inusitadas pelo mundo afora

Copyright © 2015 · OceanSite · Desenvolvimento de website e aplicativos para mobiles

Scroll Up