Neus Prora foi um resort planejado pelo Partido Nazista na ilha Rügen, a maior ilha da Alemanha (926 quilômetros quadrados), no Mar Báltico. A praia situa-se na baía entre as regiões Sassnitz e Binz, que é conhecido como Prorer Wiek.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

A ilha pertence ao estado federal de Mecklemburgo-Pomerânia, a partir do qual pode ser acedido por via rodoviária ou ferroviária, atravessando uma ponte sobre o Estreito de Strelasund. Foram os nazistas que construíram esta ponte para poder instalar na ilha, um lugar de férias aos seus cidadãos, segundo os auspícios da Kraft durch Freude (Força através do lazer). a organização que se encarregava de canalizar o tempo livre; uma espécie de agência de viagens do Terceiro Reich que tinha que harmonizar o lazer com a propaganda, garantindo a paz social para a classe trabalhadora.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

A ilha foi escolhida porque desde o início do século 20 acolheu as férias dos berlinenses graças a um balneário fundado em 1816. O complexo tem 10.000 quartos de frente para a praia, que fica a 150 metros e se estende por 5 quilômetros e oficialmente, ninguém se hospedou no lugar, apesar de o mesmo já ter sido construído há mais de 80 anos atrás.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

O projeto, que recebeu um prêmio de arquitetura, teve início em 1936 e durou até 1939, ano em que estourou a Segunda Guerra Mundial, deixando-o inacabado: faltavam ainda as piscinas, o teatro, cinema e salas para grandes eventos.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Desenhado pelo arquiteto Clemens Klotz, sendo concebido como um resort com acomodações para vinte mil pessoas. Cada quarto tem 2.5 por 5 metros com vista para o mar e contaria com duas camas, um armário e uma pia. Os sanitários e chuveiros seriam de uso coletivo. Cerca de nove mil trabalhadores de todas as grandes construtoras do Reich estiveram envolvidos no projeto. Devido ao tamanho, é conhecido como “Colosso de Prora“.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Durante a guerra, foi usado como residência para o pessoal da Luftwaffe, e quando o bombardeio das cidades alemãs pelos Aliados começou, muitos cidadãos de Hamburgo e outras cidades afetadas foram realocados no complexo. Já em 1945 o Exército Soviético passou a controlar a região e utilizá-la para fins militares.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Posteriormente passou a fazer parte do patrimônio histórico teutônico, mas como não se pretendia deixá-la como uma cidade fantasma, em 2012 começaram os trabalhos de seu reaproveitamento turístico: comprada pelo grupo Iris Gerd, várias de suas partes já foram reabilitadas para serem usadas como museus, albergues da juventude e boate.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Os alojamentos, numa primeira fase foram remodelados como apartamentos de luxo e vendidos. Eles medem entre quarenta e cento e dez metros quadrados, com até três quartos, varanda, jardim e até sauna, todos com vista para o mar. As próximas fases incluem um hotel, estacionamentos, ginásio, um spa e uma área comercial.

Neus Prora, o complexo de férias nazista!Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Neus Prora, o complexo de férias nazista! Neus Prora, o complexo de férias nazista! Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Neus Prora, o complexo de férias nazista!

Como ficará o complexo após as reformas de reaproveitamento do lugar

Artigo publicado originalmente em julho de 2016

Fonte: 1 2

Postagens por esse mundo afora

Veja também:

La Coupole, o bunker nazista dos foguetes V-2

Lago Toplitz, um esconderijo nazista

Epecuén a cidade esquecida da Argentina

Visualização desde 2014: 1109 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo! O que achou do artigo??
  • Ótimo
  • Bom
  • Indiferente
  • Poderia ser melhor
Ajude a melhorar o conteúdo do site. Deixe um comentário

Faça um comentário

Seu email não será publicado