Exóticos

Skull Rock, a ilha da caveira da Austrália

Skull Rock, a ilha da caveira da Austrália

Cleft Island, também conhecida como Skull Rock 0(Pedra da Caveira) ou Skull Cave, é uma ilha de granito localizada ao lado Ocidental do Promontório Wilson, no estado de Victoria, na Austrália. A ilha faz parte de um grupo de três ilhas chamadas Anser Group e é uma das principais atrações do Parque Nacional do Promontório Wilson.

No lado oeste da ilha tem uma imensa caverna com o chão gramado, que provavelmente foi esculpida pelo mar quando os níveis eram eram muito mais elevados, há milhares de anos. A caverna tem 130 metros de largura, 60 metros de altura e 60 metros de profundidade. De um determinado ângulo, a ilha parece um crânio – daí o nome Skull Rock –  completo com um grande crânio, uma órbita ocular (a caverna) e a ponta de um nariz.

Na verdade, existem duas grandes cavernas no lado oeste. O teto da caverna menor está a cerca de 25 metros acima do nível do mar e forma o chão da caverna maior e está coberto de terra e vegetação em sua superfície.

A ilha é praticamente inacessível com altas falésias verticais e nenhum lugar onde um pequeno barco pudesse chegar à terra e ancorar. Por causa desta dificuldade, poucas pessoas puseram os pés na ilha ou exploraram a caverna e aqueles que o fizeram, descobriram balas de canhão no fundo da caverna. Isso deduz que no passado a caverna foi usada como alvo em treinamento com canhões. Aves, particularmente o cormorão-de-cara-preta (Phalacrocorax fuscescens), aproveitam o isolamento e a inacessibilidade da Cleft Island para fazer da ilha a sua casa.

Fontes: 1 2 3

“Tudo o que o homem não conhece não existe para ele. Por isso, o mundo tem para cada um o tamanho que abrange o seu conhecimento”. – Carlos Bernardo González Pecotche

Postagens por esse mundo afora

Visualização: 193 vezes

Obrigado por avaliar. Divulgue nas redes sociais, o que achou! .
Ajude a melhorar nosso conteúdo, informando o que sentiu ao ler este artigo?
  • Fascinado
  • Contente
  • Entediado
  • Indiferente
  • Decepcionado

Faça nosso trabalho valer a pena. Deixe seu comentário!

Clique para adicionar um comentário

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exóticos

Me chamo Júlio César e moro em Porto Belo, Santa Catarina. Sou o idealizador do site Magnus Mundi, uma revista digital feita para pessoas que gostam de ler e saber mais profundamente sobre lugares curiosos, estranhos ou inóspitos pelo mundo afora, bem como lendas, eventos e outros assuntos inusitados.

Veja mais em Exóticos

Crazy House, a casa de contos de fadas

Magnus Mundi31 de outubro de 2018

As cataratas inundadas do Guairá

Magnus Mundi8 de outubro de 2018

A ilusão da cachoeira submersa na Ilha Maurício

Magnus Mundi26 de setembro de 2018

Puerto Chicama, lugar das ondas mais longas e perfeitas do mundo

Magnus Mundi22 de setembro de 2018

Carmel, a cidade de contos de fadas

Magnus Mundi9 de setembro de 2018

Gocta, a catarata escondida do Peru

Magnus Mundi15 de junho de 2018

Ko Panyi, aldeia flutuante da Tailândia

Magnus Mundi26 de maio de 2018

El Totumo, diversão na lama vulcânica

Magnus Mundi25 de maio de 2018

Cardrona Bra Fence, curiosa cerca dos sutiãs

Magnus Mundi16 de abril de 2018
Scroll Up